Por que vale a pena: paisagens andinas com cenários amplos, campos abertos, regiões montanhosas, lagos espelhados a mais de 4.000 de altitude, céus imensos com nuvens de algodão. E tudo isso nem era o foco da viagem: era apenas o caminho para chegar até o Manu, um dos principais parques nacionais do Peru, Reserva da Biosfera com 18 mil quilômetros quadrados e mais de mil espécies de aves registradas.