Poucas pessoas sabem que o interior de São Paulo abriga um minipantanal. É emocionante e quase inacreditável ver tantas garças, cabeças-secas, tuiuiús, colhereiros, marrecas (e saber que há jacarés-de-papo-amarelo) tudo isso numa região tão urbanizada.