Acho que, assim como eu, todo birdwatcher tem suas predileções por uma determinada espécie ou família ou mesmo algumas famílias de comportamento ou características físicas similares (migratórios, noturnos, frugívoros, grandes, pequenos, etc.). Acho que os beija-flores, as corujas e os rapinantes devem estar no topo das preferências (aliás, daria uma bela enquete!).  

Talvez seja como mudar a lente, trocar a panorâmica por uma macro, parar de olhar só o big picture e ser capaz de reparar nos detalhes, nos passarinhos minúsculos se alimentando em meio a pedregulhos atrás de um alambrado, ver um bando de aves comuns na grama recém cortada e saber que aquilo é uma …

Gosto de ir ao parque fotografar aves bem cedinho, durante a semana, pois o movimento é menor. Há muitas aves nos lagos, como irerê, biguá, garça-moura, socozinho, garça-branca grande e pequena, frango d’água, martim-pescador. Em outros cantos do parque você avista sabiás-laranjeira, joão-de-barro, cambacicas, bem-te-vis, pica-paus, corruíras, pitiguaris, sanhaçus, saíras, beija-flores, periquitos, aves de rapina, …