Tive a oportunidade de conhecer a região e a estrutura para birdwatchers no Peru, e montei um roteiro para birders brasileiros no Parque Nacional Manu, um local com registro de 1.000 espécies de aves. Além de muitos lifers, é uma viagem com várias oportunidades para fazer fotos bonitas, em situações com mais luz do que se espera da Amazônia.

Rupicola peruviana_Andean Cock-of-the-rock

Rupicola peruviana_Andean Cock-of-the-rock

 

  • Quando: o melhor período é de agosto a meados de novembro. Por enquanto só tenho restrição no período de 3 a 9 de outubro.
  • Este é um roteiro de 7 dias e 6 noites, mas posso montar outros roteiros, dependendo dos interesses.
  • Todas as fotos, exceto do cantador-galego, foram feitas na saída de outubro de 2012, em que guiei Renato Grimm, Mathias Singer e Cláudio Timm. Só fotografei em alguns momentos, quando não atrapalhava o grupo, mas por essa galeria já é possível ter ideia das aves do local.
  • O ponto de encontro é Cusco. O trecho aéreo saindo de Guarulhos custa a partir de US$ 400.
  • Para ver fotos das acomodações, veja este PDF do roteiro.
  • Contato: https://www.facebook.com/adrian.rupp?fref=ts ou eisenrupp@yahoo.com.br. Celular: 47 9604-2882

O Peru tem aves fabulosas, mas que não fazem parte da lista brasileira. Alguns exemplos das espécies que também ocorrem no Brasil:  maracanã-de-cabeça-azul, cantador-galego, rei-do-bosque, beija-flor-estrela, beija-flor-de-cauda-dourada, beija-flor-violeta, asa-de-sabre-cinza, beija-flor-azul-de-rabo-branco, besourão-de-bico-grande, mariquita-cinza, sete-cores-da-amazônia, saíra-de-cabeça-azul, gaturamo-de-bico-grosso, gaturamo-verde, formigueiro-de-goeldi, papa-formiga-de-sobrancelha, ariramba-da-capoeira, anambé-preto, chororó-preto, chororó-de-manu, capitão-de-colar-amarelo, cigana, pavãozinho-do-pará, socó-boi-escuro, garça-da-mata, cardeal-da-amazônia, papagaio-moleiro, arapaçu-galinha, arapaçu-de-garganta-amarela, arapaçu-meio-barrado, periquito-de-cabeça-suja, periquito-de-asa-azul, pipira-de-máscara, dançador-de-cauda-graduada, periquito-de-asa-azul, anhuma, pomba-botafogo, caraxué-de-bico-preto, bate-pára, uirapuru-azul, uirapuru-de-garganta-preta, surucuá-de-cauda-preta, bico-chato-de-cabeça-cinza, andorinhão-migrante, pipira-de-máscara etc

 

Informações sobre o Parque Nacional Manu

O Parque Nacional Manu é uma reserva da biosfera localizada em Madre de Dios e Paucartambo, Cusco, sendo o maior Parque Nacional do Peru, cobrindo uma área de 15,328 km² na Zona Intangível, 2,570 km² na Zona Reservada, e mais 914 km² estão incluídos na Zona Cultural, elevando a área total protegida para 18,811 km².

O parque protege várias zonas ecológicas que variam de 150 metros acima do nível do mar em partes do sudoeste da Amazônia até 4.200 metros, onde está a Puna. É este gradiente altitudinal que proporciona a existência de vários ecossistemas, fazendo com que esta região apresente um dos mais altos índices de biodiversidade de qualquer parque do mundo. Em geral, mais de 15.000 espécies de plantas são encontradas em Manu, com mais de 250 espécies de árvores encontrados por hectare. A reserva é um destino para observadores de aves de todo o mundo, abrigando mais de 1.000 espécies de aves, mais do que o número de espécies de aves que ocorrem nos Estados Unidos e Canadá juntos. Por isso, é aclamado como tendo uma das maiores abundâncias de vertebrados terrestres já encontrados em florestas tropicais da América Latina.

Localização do Parque Nacional Manu. O roteiro de observação de aves cobre a Zona Reservada.

Clip_3

Roteiro (7 dias e 6 noites)

1º dia: O roteiro inicia em Cusco, e na manhã do primeiro dia faremos o transfer para a Estação Biológica Wayqecha, e já no caminho iremos observar aves típicas dos Andes, entre 3.000 e 4.000 metros de altitude, como  “arredio-de-cabeça-branca” (Cranioleuca albicapilla), “patativa-dos-andes” (Catamenia analis), “ganso-dos-andes” (Chloephaga melanoptera), gaivota-dos-andes (Choiciocephalus serranus), “pica-pau-dos-andes” (Colaptes rupícola), e “marreca-de-crista” (Lophonetta specularioides). Nomes populares em português não são oficiais.

2º dia: neste dia observaremos as aves das florestas alto-montanas de Wayqeycha, já na Zona Reservada do Parque Nacional Manu, e aos pouco desceremos até chegar no Cock-of-the Rock Lodge. Aves em destaque: “sanhaçu-da-montanha-de-barriga-escarlate” (Anisognathus ingniventris), “Sanhaçu-da-montanha-decabeça-preta” (Buthraupis montana), “fura-flor-mascarado” (Diglossa cyanea), “sanhaçu-da-montanha-de-coleira-dourada” (Iridosornis jelskii), “papa-moscas-marrom” (Ochthoeca fumicolor), e “anambé-barrado” (Pipreola arcuata). Nomes populares em português não são oficiais.

3º e 4º dias: Nestes dois dias vamos observar aves na cota dos 1.500 metros, nas Yungas peruanas. E na tarde do quarto dia, vamos continuar nossa viagem até o Amazonia Lodge, onde poderemos ver aves como “bacurau-lira” (Uropsalis lyra), “beija-flor-bico-e-cunha” (Schistes geoffroyi), “galo-da-serra-dos-andes” (Rupicola peruviana), “Rabo-de-raquete-de-botas” (Ocreatus underwoodi), “quetzal-de-cabeça-dourada” (Pharomachrus auriceps) e “corujinha-ruiva” (Megascops ingens). Nomes populares em português não são oficiais.

5º, 6º e 7º dias: no Amazônia Lodge é que observaremos a maior riqueza de espécies, já na Amazônia peruana. Vamos desfrutar das trilhas, da torre, e do Lago Machu huasi, com muitas espécies como o cardeal-da-amazônia (Paroaria gularis), beija-flor-estrela (Heliodoxa aurescens), topetinho-ruivo (lophornis delattrei), cigana (Opisthocomus hoazin), socó-boi-escuro (Tigrisoma fasciatum) e ariramba-da-capoeira (Galbula cyanescens).

Preços

  • 2 pessoas: USD 2.900,00 por pessoa com base em ocupação dupla.
  • 3 pessoas: USD 2.100,00 por pessoa com base em ocupação dupla.
  • 4 pessoas: USD 1.750,00 por pessoa com base em ocupação dupla.
  • 5 pessoas: USD 1.550,00 por pessoa com base em ocupação dupla.
  • 6 pessoas: USD 1.400,00 por pessoa com base em ocupação dupla.
  • 7 pessoas: USD 1.290,00 por pessoa com base em ocupação dupla.
  • 8 pessoas: USD 1.250,00 por pessoa com base em ocupação dupla.

Incluso: 6 pernoites, refeições, transporte local com motorista, guia local.

Não incluso: pernoites em Cusco, passagens aéreas, seguro viagem, medicamentos, bebidas.

 

Amazônia (+)

One Response to Roteiro: Parque Nacional Manu – Peru, um dos melhores lugares do mundo para ver aves da Amazônia. Ago/13, por Adrian Eisen Rupp.