• Como falar comigo: rafja@ig.com.br
  • Site: http://rafaelfortes.webs.com/
  • Sou Guia de Observação de Aves / Birdwatching na Mata Atlântica, na Canastra, na Lagoa do Peixe e no Pantanal Sul
  • Moro em: Taubaté – SP

Desde criança sou apaixonado por animais e natureza. Sempre gostei de andar na mata, observar as plantas, insetos e os bichos em geral, mas com uma atenção especial para as aves. Quando meu pai comprou uma pequena chácara na Serra da Mantiqueira tive o prazer de ter mais contato com a natureza e comecei a observar muitas aves que até o momento eu desconhecia na região. Isso despertou uma paixão ainda maior em mim! Então, comprei binóculos, guia de campo e uma câmera fotográfica. Foi então que comecei a fotografar as aves e estudar seus comportamentos, vocalizações, etc. e nunca mais parei. As aves me encantaram de tal maneira que o que era um hobby acabou se tornando profissão!

Há mais de três anos venho trabalhando como guia de observação de aves na Região Sudeste e conheço os melhores locais para observá-las e fotografá-las. Tenho o privilégio de morar em Taubaté – SP, que é próximo de Campos do Jordão, São Luis do Paraitinga, Ubatuba e Itatiaia. Além desses lugares conheço e guio também em Angra dos Reis, Intervales, Serra da Canastra, Lagoa do Peixe e Pantanal Sul.

Tenho uma certa facilidade em reconhecer rapidamente as vocalizações das aves e atraí-las com o playback. Por isso, acabei ganhando carinhosamente o apelido de “Magic Rafa” por alguns amigos. Também já tive várias situações em que uma ave diferente apareceu enquanto eu guiava o cliente, ou da ave se aproximar de uma forma incomum, e por isso ganhei um outro apelido “Rafael Sortes” em vez de Rafael Fortes. Vejo isso com humildade, sempre estudo muito o canto das aves e busco estar a par das novidades nas regiões em que guio, e me mantenho focado no cliente o tempo inteiro do passeio. Mesmo quando estamos conversando no carro, às vezes já na volta do passeio, se eu ouço uma ave vocalizar aviso qual é e pergunto se o cliente gostaria que eu tentasse chamá-la com o playback.

Tenho uma lista extensa de gravações, sei usar o Ipod com agilidade, carrego guia de campo, só levo a câmera se o cliente permitir e só fotografo se o cliente já está entretido com a ave, vendo onde ela está, e não precisa da minha orientação. Mas sempre faço com o cuidado de não atrapalhar a foto do cliente.

Sou uma pessoa tranquila e conciliadora, às vezes até me acho calado demais. Converso, e sei falar muito sobre aves, passeios, viagens, ou apenas bater-papo, mas só faço isso se o cliente quer conversar. Se ele prefere caminhar em silêncio pela mata, pra mim isso também é muito bom.

 

Participação no Virtude-AG

 

Guias ornitológicos
cadastrados no Virtude

One Response to Rafael Fortes

  • […] cada vez melhor, quem mora nos arredores vale a pena visitar. O ideal é ir com um guia, como o Rafael Fortes, que conhece a região. O Marco disse que o pai dele não se importa que as pessoas vão fotografar […]