claudia_komesu4

  • Texto e fotos: Claudia Komesu
  • Câmera: Canon 50D e lente Canon 100-400

Passagem de ano em Campos do Jordão, na casa dos meus sogros. Dias de ficar com a família, mas sem problemas em alimentar os esfomeados do quintal. Tiribas-de-testa-vermelha, um casal de saíras-amarelas, um casal de sanhaçus-de-encontro-amarelo, vários sanhaçus cinzentos, tico-ticos, sabiás-laranjeira, sabiás-barranco, quetes. Não comem banana, mas passaram por lá: um jovem sanhaçu-frade, uma fêmea da maria-preta-de-bico-azulado, beija-flor-de-papo-branco, beija-flor-rubi, alegrinho, maitaca. O esquilo come banana e afugenta todas as aves, por isso teve que levar alguns tiros da Nerf de água. Quando fez essa cara de gato-de-botas quase me convenceu a deixá-lo acabar com a banana, mas minha queda é pelas aves mesmo.

A foto em destaque é um filhotão de tiriba sendo alimentado por um dos pais. Eles já não tinham diferença de tamanho, mas o filhotão às vezes era proibido de comer junto com os pais e tinha que ficar esperando em um galho próximo, às vezes podia comer junto. Em todos os casos, sempre ia pedir um pouco de comida. Era alimentado por poucos segundos, e depois os três iam embora.

Nesse mesmo quintal também aparecem marias-faceiras, os papagaios-de-peito-roxo, caracará, picapauzinho-verde-carijó, pica-pau-do-campo, pica-pau-verde-barrado, coruja-listrada, tecelões, e às vezes o pica-pau-rei, o grimpeiro e até o gavião-pernilongo. É um condomínio fechado em uma área urbanizada, mas com várias araucárias nos quintais das casas e nos arredores.

Informações sobre comedouros