Encravado no meio da selva de pedra há um recanto pequeno, mas muito confortável para as aves.

Gavião-peneira (Elanus leucurus) White-tailed Kite

 

  • Texto e fotos: Flávio Sousa. Todas as fotos foram feitas no parque.
  • Câmera: Canon Powershot SX30

O Parque da Vila Guilherme – Trote, é um local onde antes eram realizadas corridas de cavalos (por isso o nome Trote), e que agora foi transformada em uma área verde, agregada a uma outra área de lazer com quadras esportivas que já existiam antes, vizinhas ao local.

Por ser um local relativamente novo, a área ainda está em desenvolvimento, com várias árvores plantadas pela administração, junto às árvores que já existiam. Existe ainda no local um pequeno lago que de vez em quando recebe algumas aves aquáticas, e que será futuramente desassoriado.

Mensalmente a administradora do Parque organiza encontros de observação de aves, chamado “Trilha das Aves”. Nesse passeio a administradora caminha com os participantes observando as aves do parque, inclusive em áreas de acesso restrito.

 

Trilha das Aves – Atividade de observação de aves. Atividade mensal ou quinzenal

Horário: 8h – 10h

Ponto de Encontro: Portaria 2 do Parque Vila Guilherme – Trote, R. São Quirino, 905 – Zona Leste

Atividade: Minipalestra de orientação sobre o reconhecimento de aves, seguida de trilha de observação nos lugares de maior concentração das diversas espécies que habitam e visitam o Parque.

Informações e inscrições: Administração do Parque – telefone: 2905-0165 ou e-mail: parquevilaguilherme@gmail.com (vagas limitadas)

Site: http://parquedotrote.blogspot.com.br/

 

Apesar do pequeno espaço, nos deparamos com diversas espécies de aves, das mais urbanizadas, a outras um pouco mais difíceis de se avistar em qualquer lugar. Nesses passeios já avistei e fotografei o gavião-peneira, o quiri-quiri, o saí-canário, canários-da-terra-verdadeiros, entre tantas outras aves.

O lago frequentemente é habitado por irerês que inclusive já reproduziram no local, além de outras aves aquáticas que passam por lá de vez em quando, como o socozinho.

Existem corujas-buraqueiras residentes e que são certeza de observação quando se caminha pela antiga pista de corridas (agora transformada em uma pista de cooper).

Na parte central desta mesma pista a administração conserva uma área de capim alto, justamente para estimular a presença ali de pequenas aves granívoras como os tizius e os bicos-de-lacre.

Para participar, basta se inscrever por e-mail. A administradora é muito atenciosa e o passeio muito agradável, vale a pena conhecer.

Se você quiser dar uma olhada nas espécies já fotografadas no local e postadas no wikiaves (www.wikiaves.com.br), procure na busca avançada por “Parque Vila Guilherme – Trote” (Fotos-> Busca Avançada-> Campo: Local).

 

Seguem mais algumas informações do parque:

Funcionamento:

– Portaria I – Av. Nadir Dias de Figueiredo, s/n, em frente a Pça. dos Trotadores (das 5h30 às 20h);

– Portaria II – Rua São Quirino,905 (das 5h30 às 18h – até as 20h no verão)- Vila Guilherme.

Fone/Fax: (11)2905-0165.

Área: 187.000m².

Site: http://parquedotrote.blogspot.com.br/