Que-te-vestiu (Poospiza nigrorufa) Black-and-rufous Warbling-Finch

 

Texto e fotos: Júlio Silveira

Em novembro de 2011 visitei um dos muitos amigos que fiz nesses dois anos e meio de birwatching, José Branco, que me levou para conhecer sua fazenda, a Pai João, no município e Capão Alto. Lugar maravilhoso, cheio de aves incomuns para quem mora em SãoPaulo. De todas essas espécies que vi dessa primeira vez, a que mais me emocionou foi o tio-tio (Phacellodomus striaticollis) devido ao fato de que essa espécie desencadeou a amizade e por conseqüência a minha vontade em conhecer a Serra Catarinense. Mas essa é uma outra história…

Fazenda Pai João, lar de várias espécies endêmicas de SC…Nesse lago o Zé Branco me mostrou marreca parda – Anas georgica, Marreca-pardinha – Anas flavirostris e a maravilhosa Carqueja-de-bico-amarelo -Fulica leucoptera

Ainda nessa primeira vez, o Dario Lins me levou para conhecer Bom Jardim da Serra e o famoso mirante da Serra do Rio do Rastro, outro lugar fantástico. Tínhamos a missão de observar o pedreiro, ave que habita os campos de altitude da Serra Catarinense… Missão cumprida!

Vi ainda azulinho, bico-grosso, alegrinho, quem te vestiu, sabiá-do-banhado e o mais legal de todos, o grimpeirinho, que junto com o seu primo grimpeiro, que conheci na pousada Curucaca onde me hospedei, formam a dupla Grimpeiro e Grimpeirinho.