• Texto e fotos: Claudia Komesu com Nikon D800, Nikkor 300 f4 com tele 1.4, e Olympus TG3.
  • Guiados pelo Thiago Carneiro num dos dias, passeios light nos outros. Na companhia de Wagner Nogueira, Thiago Carneiro e Rodrigo Popiel

As aves: Alto do Boa Vista, a região onde ficava a Pousada Três Pinheiros do falecido Frank. Há um condomínio loteado mas ainda com poucas casas, o Forest Hill. Casal de bico-grosso a 2 metros da gente, estalinho, caneleirinho-de-chapéu-preto, choca-da-mata, limpa-folha-de-testa-baia, piolhinho-verdoso, alegrinho, borboletinha, arapaçu-grande. Estrada lateral ao horto, aquela de terra à direita, a última saída antes da portaria. A estrada está boa, consegui subir mesmo estando com um sedan. No dia que fomos muito silêncio, quase nada de aves, mas ainda assim, ótima aparição do catraca e ótimos momentos observando um casal de macacos-prego bem de perto. Bosque do Silêncio, perto da Ducha de Prata: minhas melhores fotos de tangará e chupa-dente, além de lindas saíras-lagartas, pula-pula-assobiador, pica-pau-rei e saracura-sanã. A casa do Thiago Carneiro, grande point para as aves, onde aparece bando grande de gaturamos-bandeira, já apareceu bando de tesourinhas-da-mata, e gavião-pega-macaco pousado. O Thiago também nos levou num brejo com papa-moscas-de-costas-cinzentas e peito-pinhão.

Na volta pra São Paulo, uma passadinha no querido Arrozal do Marcão, em busca do padre-cristo, vulgo pato-de-crista. Não encontramos, mas pegamos alguns minutos de taperuçus-de-coleira-branca voando baixo.

Lembrando que a floração das cerejeiras de meados de junho a início de agosto é imperdível, vale muito a pena. Para se esbaldar com thraupideos, beija-flores e tiribas. O Thiago está sabendo tudo das aves de Campos, vale muito a pena sair com ele, mas se quiser agendar, precisa correr, os dias dele estão ficando lotados.

Hoje (17/jun/13) o colega Ademar H. Kawaguti me escreveu para informar que as cerejeiras do Parque das Cerejeiras, em Campos do Jordão, já estão floridas, e para agradecer pela informação compartilhada na Virtude-AG. Quem tiver oportunidade, procure os locais quem possam ter cerejeiras floridas, elas atraem muitas aves e dão fotos ótimas.  

Onde ficar, onde comer

Não fico em pousada porque meus sogros têm uma casa lá. Mas indico um local pra ficar, o Rodrigo Popiel está alugando uma casinha que fica no terreno da casa dele. É um lugar muito legal para ver aves, ele já fotografou pavó, falcão-relógio e gavião-pega-macaco nas redondezas. Pra saber mais entre em contato com ele pelo Wikiaves ou pelo Facebook.

De restaurantes, duas ótimas indicações do Thiago: a pizzaria La Fortezza, e o restaurante por quilo Cacerola, os dois no Trip Advisor. Muito bons. A única dica é que se for seguir o endereço que está no Trip para chegar no Cacerola a numeração não bate, é uns metros pra frente, ao lado da SP Vinhos. Os dois ficam perto um do outro, logo depois do Objetivo, do lado direito da avenida pra quem está chegando em Campos.

A http://www.maisongeneve.com/ foi indicação da minha sogra. Não é só loja de roupas. Eles também servem cafés, doces, e agora também refeições. O mousse de chocolate com frutas vermelhas é imperdível, ainda mais acompanhado de um bule grande de chá de menta.

Agradeço a companhia do Rodrigo Popiel e do Wagner, e ao Thiago Carneiro também pelas diversas indicações e por ter nos guiado na segunda-feira. Gosto tanto do Thiago que até perdoo o fato de que, da última vez que tentei sair com ele, ele não podia, mas dessa vez bastou eu falar “estou aqui com o Wagner Nogueira” e ele se materializou. Eles se conheceram, e o Thiago descobriu que o Wagner é uma pessoa legal, mesmo sendo uma das criaturas que fica corrigindo as identificações erradas do Wikiaves.

 

Mais Campos do Jordão

 

Mais Mata Atlântica