Abril a novembro: Mata Atlântica volta a ser uma boa opção

Há aves em todos os lugares no ano todo, mas várias pessoas já me falaram que no verão é mais difícil passarinhar na Mata Atlântica. Chuvas frequentes, muito calor, mais difícil ver as aves. A partir de abril em geral o clima fica mais ameno e as chuvas diminuem. Mata Atlântica inclui locais próximos do litoral e também lugares de altitude como Campos do Jordão, uma cidade que vou com frequência e é sempre bom para passarinhar. No verão tem o incômodo das chuvas frequentes, mas sempre dá para fotografar.

Há vários destinos famosos de Mata Atlântica no Estado de São Paulo, como Campos do Jordão, a Trilha dos Tucanos em Tapiraí, Petar, IntervalesUbatuba e várias cidades do litoral. No Rio de Janeiro o Parque Nacional de Itatiaia é um dos mais famosos, e também há a Reserva Ecológica de Guapiaçu. No Espírito Santo há a Reserva da Vale do Rio Doce, e Minas Gerais tem várias áreas preservadas de Mata Atlântica — você pode fazer passeios que unem cultura e história e birdwatching. No Nordeste os poucos fragmentos de Mata Atlântica que ainda restam também rendem passeios muito especiais.

 

Abril: Festival do Papagaio-Charão em Urupema – SC

“Na cidade de Urupema (serra Catarinense), a cidade mais fria do Brasil acontece entre os meses de abril a agosto um verdadeiro espetáculo nos céus. Enormes bandos de papagaios-charão (Amazona pretrei), cortam diariamente o horizonte apresentando um show de cores e sons de encantar qualquer um, especialmente aqueles que praticam o birdwatching.” [texto de divulgação do festival]

O evento é liderado pelo fotógrafo Dario Lins. A primeira edição do festival aconteceu em 2012.

 


Abril a junho: Migração de primavera no hemisfério norte

O período de abril e maio também é bom para viajar para Europa ou Estados Unidos. Lá também é primavera, na maioria dos lugares você vai pegar temperaturas amenas, dias bonitos, e se estiver no local certo nas semanas certas, poderá ver os migrantes. Eu viajo com uma certa frequência pro exterior, e nem sempre as datas podem coincidir com a melhor época para passarinhar, mas quando estou pesquisando e quero ter uma ideia de quais as melhores épocas, procuro agências internacionais de birdwatching e vejo quais as datas dos tours que eles oferecem. Um site de que gosto bastante é o http://www.rockjumperbirding.com/

Alguns destinos que temos informações no Virtude-ag:

Abril-maio-junho: Flórida – região de Fort Myers

Quem quer aliar viagem com a família com passarinhada tem a Flórida como excelente opção.  Na opinião do nosso colega birdwatcher Adams Serra, mineiro de Virginópolis mas morador da Flórida há mais de 20 anos, abril-junho é o melhor período para ver as aves.


Maio: Manhattan – Central Park: warblers e outros migrantes

Acredite ou não, o Central Park é um bom lugar para ver aves migratórias. Fica na rota das aves, é um lugar tranquilo e seguro. Acho que eu não faria uma viagem apenas para ver os migrantes no Central Park, mas se você for a Nova York por outros motivos nos meses de maio ou setembro, vale a pena levar a câmera e ir passarinhar em algumas manhãs.

Descobrimos que o Central Park é muito bom para passarinhar por acaso, graças ao livro do Carl Vornberger sobre as aves do Central Park (esgotado). Mas vale a pena ver o site dele: http://www.calvorn.com/. Fiz dois passeios: em maio de 2010, muitas aves e bidwatchers, e depois em junho de 2012 – vazio de aves e de birders.

Abril: Espanha

Conhecemos um pouco da natureza da Espanha em 2014, numa viagem que tinha um pouco de fotografia de natureza, mas também uma parte urbana (arquitetura, museus, restaurantes). O sul da Espanha é famoso pela proximidade com o estreito de Gibraltar, o ponto que une Europa e África e onde toda primavera e outono é possível ver o espetáculo das aves migratórias mudando de continente. Dizem que a migração do outono é mais espetacular, e algumas agências só fazem tour no outono. Nossa viagem de 2014 não pegou a migração da primavera, mas gostamos muito de conhecer a Extremadura. O post abaixo ainda não é um relato de melhor época, mas fica como informação de que abril e setembro-outubro são meses bons para passarinhar na Europa, especialmente em locais de migração. Na dúvida, pesquise os sites das agências internacionais.