aves_instituto-butantan_01

 

O primeiro Observatório de Aves do Brasil. Estudo das aves, educação ambiental, valorização da natureza e passarinhada todo mês

  • Texto: Luciano Lima e Erika Hingst-Zaher
  • Fotos: Divulgação do Instituto Butantan

Observatórios de Aves são centros de estudo que têm como o objetivo monitorar a longo prazo populações de aves e promover atividades de educação e divulgação ambiental visando conscientizar as pessoas sobre a importância de se conservar a biodiversidade. Existem centenas de observatório de aves espalhados por todo o mundo, e embora se destaque como um dos países com mais espécies de aves, até recentemente o Brasil não contava com nenhuma iniciativa dessa natureza. Atento a essa necessidade o Instituto Butantan criou recentemente o Observatório de Aves – Instituto Butantan, um projeto associado ao Museu Biológico desta mesma instituição.

De acordo com Erika Hingst-Zaher, pesquisadora do Museu Biológico do Instituto Butantan e uma das responsáveis pelo projeto que conta com a coordenação técnica do ornitólogo Luciano Lima, além do monitoramento a longo prazo da avifauna que habita a área do Instituto Butantan, que já se encontra em andamento, o projeto busca despertar a conscientização na população em geral sobre a importância de se conservar a biodiversidade através do contato direto com a natureza, especialmente por meio do incentivo a prática da observação de aves.

Segundo Erika, o Instituto Butantan, através do observatório de aves, oferecerá regularmente atividades relacionadas à observação de aves, como oficinas e saídas de campo, e também projetos científicos com a participação do público, dentro do conceito de “Ciência Cidadã”. Além disso, Nos próximos meses serão criadas trilhas destinadas a estas atividades, nas áreas florestadas do parque, que neste momento não se encontram abertas à visitação regular. Deverá ainda ser construída uma torre de observação, contando também com um centro interpretativo, onde os visitantes poderão ter contato com a observação de aves e ainda temas relacionados à conservação de aves da Mata Atlântica.

A intenção é que através das atividades do Observatório de Aves o Instituto Butantan torne-se um dos principais pontos de referência para o número cada vez maior de pessoas que praticam a observação de aves em São Paulo, ajudando também a formar novos observadores e capitanear esforços para que a observação de aves vá além de um passatempo, representando também uma forma de promover a conservação da biodiversidade e produzir conhecimento científico que pode ser revertido em benefício das próprias aves.

Para passarinhar no Butantan

O parque do Instituto Butantan conta com 60 hectares de áreas verdes e com uma lista de aves que já ultrapassa as 110 espécies, mas que cresce a cada dia. Encontra-se aberto ao público diariamente, das 7h às 17h, com entrada gratuita. Para visitar os três museus (Museu Biológico, Museu de Microbiologia e Museu Histórico), o visitante paga R$ 6,00.

Observadores de aves são bem-vindos nas áreas do Parque atualmente abertas à visitação, e podem observar e fotografar sem precisar de autorização prévia.

Para ficar por dentro da programação do Observatório de Aves – Instituto Butantan, siga a página do OA-IBu no Facebook (facebook.com/observatorideavesibu) ou entre em contato pelo e-mail observatoriodeaves@butantan.gov.br .