Há dias via a quantidade exorbitante de lixo que se acumulava entre as árvores na frente da minha casa, é uma área que foi reflorestada há 3 anos e onde observo as aves, e pensava no que fazer, como fazer, qual a melhor maneira de chamar atenção das pessoas que moram ao redor área. Eu sabia que poderia acionar a prefeitura para realizar a limpeza, mas não resolveria o problema, pois não haveria conscientização. Os dias se passavam e por mais idéias que eu tivesse não conseguia fazê-las funcionar de maneira eficiente.

Conseguimos chamar a atenção da vizinhança, e muitas pessoas ajudaram a limpar. Foram 35 sacos de lixo, e a certeza de que agora as pessoas vão se importar mais com a manutenção dessa área.

 

  • Texto e fotos: Daiane Barros
  • Ação promovida por Daiane em 2/set/2012 na cidade de Vista Alegre do Alto – SP
  • Daiane se inspirou no maravilhoso tedtalk de Pedro Lima, falando da importância de envolver a comunidade em qualquer trabalho que um biólogo (ou outro profissional) vá fazer. Vale muito a pena assistir, o vídeo é uma injeção de energia e boas ideias:
  • A Virtude-AG congratula a Daiane, uma bióloga que está sempre pensando em formas de ajudar a natureza, e alguém capaz de assistir a um vídeo inspirador e já colocar em prática as sugestões do palestrante.

No domingo acordei pensando que pensar não resolvia, que eu mesma faria limpeza até achar uma solução. Como sempre minha família e cobaia foram convocados, acordei meus dois sobrinhos e, junto com meu irmão começamos a catar todo o lixo jogado na área. Aos poucos foram aparecendo as crianças que brincam embaixo das árvores, vizinhos e, quando dei por mim, já não havia saco e luvas suficientes para coletar todos o lixo do local.

Fomos às casas pedir sacos de lixo e fomos bem atendidos, não imaginam o tamanho da minha alegria ao ver a área limpa, as pessoas reunidas comemorando, é a sensação de trabalho cumprido, por que hoje sei que as pessoa agora sabem que existe na vizinhança muita gente preocupada com o bem estar das árvores que fornecem a sombra que eles usam durante as tardes quentes. Foram 35 sacos de lixo recolhido, e já marcamos outro mutirão para comemorar o dia da árvore que acontece este mês, mandei fazer placas com mensagens de efeito, além de lixeiras para o parque ao lado da área.

O próximo passo é instalar na área comedouro e bebedouros para o incentivo a observação de aves. Escrevo esse texto com uma emoção gigante. Gostaria de deixar claro que essa ação não foi minha, pois sozinhos somos nada, essa ação é da comunidade, para a comunidade e pertence a eles todo e qualquer mérito, por se juntarem e apoiarem pequenos atos de responsabilidade socioambiental , sou mera peça de um grande quebra cabeça com peças que se unem para fazer de cada bairro, cada rua, cada cidade, um planeta melhor.