Lugares bons para passarinhar o ano todo, no Estado de São Paulo. A cidade de São Paulo também tem vários locais onde é possível fotografar aves.

Tapiraí – SP. Reserva de Mata Atlântica, a 180km da capital – Trilha dos Tucanos

A Trilha dos Tucanos, na cidade de Tapiraí, tem sido um dos destinos passarinheiros mais procurados. Uma propriedade particular com donos que realmente gostam da natureza. Aves difíceis de ver em outros lugares como a jacutinga, a pariri, a maria-leque-do-sudeste, o pinto-do-mato são avistados lá com facilidade na época certa (principalmente no inverno, por causa do hide com comedouro).

Já fui várias vezes. A Patrícia e o Marco são pessoas excelentes, é perto de São Paulo, preço bom, refeições no local. Também é um local muito bom para quem gosta de fotografia de insetos, aracnídeos.

http://www.trilhadostucanos.com.br/

Posts relacionados com a Trilha dos Tucanos

 


Campos do Jordão. Bom o ano todo, mas um pouco mais difícil no verão por causa das chuvas

Atualmente deve ser um dos principais destinos passarinheiros no Brasil. Fica perto de São Paulo, tem boa infraestrutura turística e conta com o excelente trabalho do guia ornitológico Thiago Carneiro, que mora na cidade e conhece tudo da região. No Virtude há poucos posts porque infelizmente não é comum as pessoas fazerem relatos dos passeios, mas sei que é um lugar muito procurado, e que há vários meses em que o Thiago guia pessoas mais de 20 dias por mês. A página da cidade no Wikiaves é esta: http://www.wikiaves.com.br/especies.php?t=c&c=3509700

 

Tanquã – minipantanal paulista, na divisa entre Piracicaba e Anhembi

O Tanquã é um local incrível. Um minipantanal em pleno interior de São Paulo, onde você você pode ver aves incomuns como o tricolino, o marrecão, a sanã-amarela, a sanã-carijó. Também há registros de socoí-amarelo, paturi-preta e capororoca – mas estes são mais difíceis. Além disso, será quase impossível não ver garça-moura, garça-branca-grande, garça-branca-pequena, irerês, pé-vermelho, jaçanã, savacu, frango- d´água-comum, caracará, pernilongo-de-costas-brancas. Nas épocas certas, tuiuiús, cabeças-secas e colhereiros também são garantidos. Também há boas chances de ver gavião-caboclo, gavião-do-banhado, frango-d´água-azul, garça-azul, sanã-parda.

Esse pequeno paraíso quase foi destruído pela construção de uma barragem com méritos duvidosos. A ação do Ministério Público, com o apoio dos birdwatchers, do Centro de Estudos Ornitológicos — com atuação liderada por Luciano Moferrari e outras pessoas a favor da natureza impediu a destruição do Tanquã, por enquanto.

Para conhecer o Tanquã é preciso programar o passeio com antecedência. Além de contratar um barqueiro você pode contratar e um guia ornitológico como o Gustavo Pinto, que aumenta suas chances de ver as aves. O ano todo há o que fotografar, converse com o guia ou o barqueiro e pergunte que bichos têm sido vistos, e como está a questão da chuva. Contatos do Gustavo Pinto: pavopinto@hotmail.com / https://www.facebook.com/gustavo.pinto.79?ref=ts&fref=ts. Pra quem tem cadastro no Wikiaves: http://www.wikiaves.com.br/perfil_pavo. Contato do barqueiro Ivanildo (19 99744-2955).

 

Região de Americana – SP, e também Parque do Zizo e outras viagens: GRIFOO – Grupo de interessados em fotografia e observação ornitológica

O grupo é formado por Fotógrafos profissionais, amadores e entusiastas desta arte. A  troca de informações e conhecimentos visam sempre o aperfeiçoamento dos registros feitos pelos membros, em nossas atividades. 

Todo membro do grupo pode sugerir um destino para nossas saídas. Muitas vezes fazemos passeios rápidos (bate e volta) em locais próximos [região de Americana – SP] ou ainda viagens programadas com antecedência de vários dias a destinos como o Pantanal ou a Floresta Amazônica. [texto do site do GRIFOO]

 


Cidade de São Paulo e cidades próximas: CEO – Centro de Estudos Ornitológicos

O Centro de Estudos Ornitológicos, é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, com objetivos de congregar pessoas interessadas na observação de aves, ornitologia e temas correlatos, desenvolver estudos ornitológicos, contribuir para a conservação da natureza em geral e das aves em particular e para a educação ambiental da população. 

São realizadas reuniões periódicas, abertas a todos os interessados. A programação consta de palestras, mesas-redondas, audio-visuais, debates e discussões informais sobre ornitologia e preservação da natureza. [texto do site do CEO]

Programação de 2013 (veja que algumas atividades são restritas aos membros, mas é fácil se associar)

http://centro-de-estudos-ornitologicos.blogspot.com.br/p/agenda.html

Posts relacionados com o CEO

 

Cidade de São Paulo: parques urbanos

A cidade de São Paulo tem diversos parques bons para passarinhar. O Parque Estadual da Cantareira oferece a oportunidade de passarinhar em área Mata Preservada. Observadores de aves podem fazer uma carteirinha especial e obter autorização para passear no parque durante a semana, quando o parque está fechado para a visitação normal (Informações neste post: http://virtude-ag.com/biblioteca-portaria-de-observacao-de-aves-da-fundacao-florestal-mar2016/). Além da Cantareira, o Instituto Butantan se destaca por ter aberto o primeiro Observatório de Aves do Brasil, e organizar passeios guiados gratuitos mensais, que às vezes reúnem mais de 100 pessoas. Pesquise no Facebook #vempassarinhar. O post abaixo reúne informações detalhadas, este post em especial http://virtude-ag.com/passeios-birdwatching-em-parques-da-cidade-de-sao-paulo-out15-por-claudia-komesu/reúne informações sobre diversos parques:

Posts relacionados com a cidade de São Paulo