Natural de Mogi Mirim – SP comecei a me interessar pelas aves durante a faculdade de Biologia, em 2006. Após isso, durante as férias, eram sempre viagens para lugares diferentes e estágios pelo Brasil até que, em 2008, consegui um estágio na Amazônia. Foram 50 dias nesse paraíso, auxiliando uma aluna de mestrado que trabalhava com Rupicola rupicola (galo-da-serra) tem coisa melhor? Ao final da faculdade, me mudei para Manaus e entrei no Programa de Conservação do gavião-real, onde fiquei como bolsista durante dois anos, trabalhando com Harpia harpyja (gavião-real, ou harpia), Morphnus gujanensis (uiraçu-falso) e Spizaetus ornatus (gavião-de-penacho).

Atualmente, ainda em Manaus, faço trabalhos de inventários de avifauna pela Amazônia toda, viajando bastante e aprendendo cada vez mais desse universo de oportunidades e diversidade. Além dos trabalhos, as fotos sempre acompanham, juntando registros das aves amazônicas e tentando mostrar como funciona esse ambiente diferenciado e rico.

 

Descrição das minhas habilidades e conhecimento como guia ornitológico

– Trabalho com aves há 6 anos. Estou iniciando como guia, porém me considero experiente na observação e fotografia de aves;

– Possuo experiência com playback;

– Tenho um acervo com 6 mil vocalizações de aves neotropicais, com mais de uma vocalização de cada espécie, bem como foto das mesmas no iPod;

– Utilizo iPod Touch 4º geração;

– Sempre tenho tudo extra, desde cabos até outro iPod Classic;

– Sempre tenho comigo um gravador digital e um microfone direcional;

– Prefiro somente guiar, apesar de ser fotógrafo. Em casos especiais, quando combinado antes e após o cliente, dá pra fotografar. Tenho um binóculos Nikon Monarch 8×42, o modelo mais vendido para ornitologia no mundo;

– Possuo uma lista geral da região e listas detalhadas dos diferentes ambientes;

– A sazonalidade na Amazônia é muito pequena, o que facilita esse trabalho. Nesse caso é fácil fazer essa lista;

– Total conhecimento dos locais;

– Sou bastante focado no cliente;

– Ainda não tenho caneta laser;

– Tenho um guia de campo de passeriformes e outro de não-passeriformes;

– Não sei todos os nomes populares, mas os mais conhecidos e procurados eu sei;

– Tenho uma certa experiência na fotografia e posso auxiliar o cliente nessa hora, desde que seja do interesse do mesmo;

– Em caso de grupos, acho que um grupo de até 4 pessoas ajuda a diminuir a chance de conflitos. Mas se for preciso, creio que saberei orientar alguma pessoa cujo comportamento esteja atrapalhando o grupo;

– Vou procurar conciliar os interesses do grupo. Creio que um consenso sobre o objetivo de todos deve ser levado em consideração;

– Estou à total disposição para auxiliar a identificar as fotos, tirar dúvidas, assumir possíveis falhas e manter um contato o mais amigável possível com os clientes e porque não, amigos.

 

Participação no Virtude-AG

 

Amigos do Virtude-AG

2 Responses to Marcelo Barreiros

  • Claudia Komesu

    Teste na caixa de comentários. Oi Marcelo, me confirme se você recebeu esta mensagem no seu e-mail. Se sim, vou criar o perfil no WordPress para os outros guias, e sugerir que eles peçam para as pessoas que eles já guiaram colocarem depoimentos na página. E também já dá certo com aquele seu pedido de facilitar a comunicação com quem quiser falar com você. Obrigada!