A fotografia de aves pode ser praticada em qualquer lugar, inclusive nas cidades, e não exige curso ou treinamento. Quem admira a beleza dos animais e respeita a natureza logo toma gosto pelos passeios. Com as câmeras digitais que existem hoje, em pouco tempo uma pessoa comum será autora de belas fotos. Neste post reuni informações sobre as câmeras mais citadas para fotografia de aves, mas não estou sempre a par dos lançamentos. Uma das melhores formas é sempre pesquisar no Wikiaves (veja abaixo instruções de como ver as fotos feitas com cada câmera), e também pedir ajuda no fórum de fotografia do Wikiaves. Pesquise se já há algum tópico sobre a câmera que lhe interessa e, se não houver, pergunte se alguém conhece.

Câmeras compactas

Pesquise na internet opiniões, artigos e exemplos de fotos tiradas com o equipamento que você quer comprar. As câmeras abaixo são bem avaliadas pelos usuários, com vários exemplos de fotos boas. O custo é algo entre R$ 600 e R$ 3.500 (out/15) nos anúncios mais baratos, dependendo do modelo e se é usada ou nova. Mais baratas ainda nos EUA. Se precisar de algo mais em conta, pode procurar uma Sony DSC H50 usada. É uma câmera mais antiga e já fora de linha, mas há vários exemplos de fotos boas feitas com essa câmera. As Panasonic Lumix, da série FZ (FZ18, FZ47, FZ100, FZ200) também têm boa qualidade, sempre há alguma  no Mercado Livre.

As compactas estão cada vez melhores, e com com alcance superior. Em situações com bastante luz, elas podem conseguir resultados melhores do que as DSLRs. Alguns birdwatchers que têm DSLR também carregam uma compacta. Elas custam menos, são muito mais leves e mais práticas.

As desvantagens das compactas são para captar bichos em movimento, ou em locais com menos luz, ou que estejam meio escondidos entre galhos. Se você pretende imprimir a imagem em tamanhos grandes, as DSLRs também terão melhores resultados.

Nas câmeras compactas você não vê por um vidro, e sim num visor digital. No começo você se sente um pouco perdido para conseguir enquadrar o objeto da sua foto, mas logo você se acostuma. Basta começar com pouco zoom, localizar um objeto de referência, e ir aproximando com o zoom até enquadrar.

Para ver exemplos de fotos tiradas com essas câmeras, use o Wikiaves.com.br. Olhe muitas fotos, e entenda que as fotos também dependem da experiência do fotógrafo: uma câmera boa pode mostrar fotos não tão boas se a pessoa ainda é inexperiente. Menu Fotos > Busca avançada > um dos campos no final da página é “câmera”. Nesse campo você tem que digitar o nome da câmera do jeito que  foi cadastrado no banco de dados do Wiki. Veja a tabela abaixo:

Câmera                                   Internet                    Nome para o Wikiaves

Canon PowerShot SX60 HS     R$ 2.000                    Canon PowerShot SX60
Canon PowerShot SX50 HS     R$ 1.200                    Canon PowerShot SX50
Sony DSC HX-200v                   R$ 900                       DSC-HX200v
Panasonic Lumix FZ 200          R$ 1.800                    DMC-FZ200
Panasonic Lumix FZ 47            R$ 800                       DMC-FZ47
Sony DSC H50 (descontinuada)                                 DSC-H50

A Nikon P900 é outra câmera que vale a pena olhar. Tem zoom de 83x, o equivalente a uma lente de 24-2000mm. Para ter uma ideia, um vídeo feito com essa câmera mostra um grupo de garotos conversando atrás de uma árvore, é um vídeo com qualidade ruim, mas quando a pessoa puxa o zoom pra trás, para mostrar onde ela está, você nem consegue ver a árvore. No zoom máximo você precisa de um tripé. Na edição de out/15 da Revista Passarinhando há um artigo do fotógrafo João Quental comentando o uso da câmera em uma viagem para o Peru. Parece que no Wikiaves ainda não há exemplos de fotos feitas com ela. No Brasil a partir de R$ 3.500.

Encontrei um artigo que fala da Olympus OM-D E-M1, uma dessas câmeras compactas que permite trocar lente (micro quatro terços). Parece que não há exemplos no Wikiaves usando esse equipamento, mas vale a pena dar uma olhada: http://blog.martinbelan.com/2015/01/can-you-use-a-micro-four-thirds-camera-for-bird-photography/

 

DSLRs

As câmeras reflex exigem um investimento maior e a pessoa precisa se acostumar a carregar uma câmera pesada. As marcas consagradas são Canon e Nikon. Só o corpo da câmera, sem lentes, custam a partir de US$ 500. Há várias opções de lente, dependendo do quanto você quer gastar.

  • Nikkor 70-300 VR US$ 550, uma das opções mais em conta. Vários fotógrafos conseguem ótimas fotos com ela. A Canon também possui essa lente, por um valor em torno de US$ 650. Atenção: as versões não estabilizadas da lente da Nikon, ou a 75-300 da Canon são lentes mais baratas, de uns US$ 180, mas têm qualidade óptica inferior e são mais lentas para focar.
  • Nova Nikkor 80-400 AF-S US$ 2.700. Lançada no final de 2012, dizem que é muito boa, foca bem mais rápido do que o modelo anterior, e pesa apenas 1,6kg.
  • Antiga Nikkor 80-400 US$ 1.600 é uma lente que muitos birdwatchers têm, mas é lenta pra focar, principalmente com menos luz.
  • Sigma 50-500 estabilizada US$ 1.700. Usei durante um bom tempo, principalmente pela versatilidade do zoom, para poder compor cenas que a lente fixa não permitem. Tirei ótimas fotos com ela, mas não recomendo mais. Apesar da boa qualidade das imagens, ela tem um problema que outros fotógrafos também concordam: facilidade de quebrar. Em 2013, durante uma passarinhada, o autofocus parou de funcionar. Eu tinha levado uma outra lente de backup, não foi tão ruim na hora, mas o conserto custou R$ 600, teve que trocar o motor do autofocus. E agora em 2015 tive o mesmo problema, mas decidi que não gastaria mais dinheiro com ela.
  • Minha lente atual é a Nikkor 300 f.4 US$ 1.300 + teleconverter 1.4 US$ 400, que transforma a lente em 420mm. Ela não é estabilizada, se não tiver muita luz precisa do tripé. A Nikkor 300 f.4 é uma lente premium, tem alta qualidade mesmo com o teleconverter.
  • Assim que possível quero comprar a nova Nikkor 300 f4, estabilizada. Dizem que é uma lente incrível, pena que é bem mais cara (US$ 2.200). Foi lançada no início do ano, apresentou problemas, a Nikon recolheu, e agora parece que está boa. Pesa 750 gramas. A não-estabilizada pesa 1,3 kg. Mais informações e exemplos de fotos: https://www.ormsdirect.co.za/blog/2015/07/06/nikkor-300mm-f4e-lens-review-by-albert-froneman/http://www.imagechaser.com/phase-fresnel-from-wildlife-photography-to-portraiture/http://www.dpreview.com/forums/post/55118683
  • A equivalente da Canon, a 300 f4 (US$ 1.500) também é bastante usada, com a vantagem de ter estabilização. E também tem teleconverters.
  • Outra lente bastante popular da Canon é a 100-400 5.6. Estabilizada, leve, muito versátil. US$ 1.500. Alguns preferem a 400 f5.6 US$ 1.200.
  • Este artigo tem boas indicações de equipamentos para quem prefere Canon: http://photography.chuqui.com/my-canon-birding-wildlife-camera-gear-kit/. O autor recomenda a Canon 7DmkIII com a lente 70-200 f2.8 IS II ou a 100-400 f5.6 IS II; ou o conjunto Canon 70D com essas lentes; ou para quem está começando a Canon T6i
  • Birdwatchers com mais recursos financeiros e físicos têm a 300 2.8 (US$ 5.000, mas 3,5kg só da lente. Fora o corpo da câmera e o tripé, que exige uma cabeça Wimberley. Um bom tripé e uma cabeça Wimberley vão somar mais uns US$ 1.500). Você também vai querer ter teleconverters de 1.4 ou 2.0x. Câmeras mais modernas como a Nikon D800 permitem usar o teleconverter de 2.0 sem perder a função de autofocus.
  • Outras lentes profissionais: Da Nikon: 200-400mm (US$ 7.000), 400 f2.8 (US$ 8.000), 500 f4 (US$ 8.000), 600 f4 (US$ 10.000).

Se você encontrar equipamentos muito mais baratos do que esses valores, desconfie de que você está vendo uma configuração diferente. E ainda não há muitos relatos, mas posso imaginar roubo de equipamentos, não compre nada sem ter certeza de onde veio. As DSLRs, corpo e lente, têm número de série. Anote em algum lugar seguro, e também fotografe essa parte da câmera que tem o número de série. Ficam na parte debaixo, tanto da lente como da câmera.

Para saber os valores dos equipamentos nos EUA, pode consultar a bhphotovideo.com e a Amazon. Mas elas não entregam no Brasil. Quem viaja para o exterior pode trazer uma câmera, teoricamente independente do valor do equipamento, se for para uso pessoal. Pedir para um amigo trazer pode ser arriscado a não ser que a pessoa tire da caixa, tire algumas fotos e fique parecendo que a câmera é pra ele. O limite de compra para viagens de avião é US$ 500. Acima desse valor, você paga 50% de imposto e multa se não declarar e for pego pelo fiscal da receita federal.

Importante: nunca compre um equipamento sem saber a origem, principalmente se for usado. Os revendedores sérios como a Angel Foto só compram câmeras em bom estado, depois de fazer revisão, e exigem a nota fiscal original. Não corra o risco de comprar um equipamento com defeito, remanufaturado mas vendido como novo, ou mesmo roubado.

 

Cuidados e segurança

Caminhar na mata é uma atividade muito prazerosa. Há riscos e perigos, que podem ser facilmente evitados seguindo as recomendações de pessoas experientes. Medidas simples como não sair sem água, passar protetor solar, roupas apropriadas, repelente, não colocar as mãos em frestas ou outros locais que podem abrigar animais peçonhentos, cuidados com seu equipamento, seguro. O Wikiaves mantém atualizado um Manual de Segurança, com várias dicas, vale a pena olhar: http://www.wikiaves.com.br/wikiaves:manual_de_seguranca

Para saber mais sobre seguro de câmeras, recomendo ler este link, do Fórum Mundo Fotográfico. O pessoal recomenda o seguro da Kertzmann.

 

 

O texto as imagens dos posts chamados “Livre divulgação” podem ser usados para divulgação do birdwatching e da natureza. Por favor, cite a fonte: www.virtude-ag.com.

 

Link para o arquivo zipado 6MB com diversas imagens para divulgação. Se precisar de um arquivo mais leve (mas menos imagens), este tem 3MB. Qualquer dúvida, entre em contato comigo (claudia.komesu@gmail.com).

Com luz boa câmeras compactas também mostram ótimos resultados. Nas situações com pouca luz as câmeras diferem mais,em especial os lançamentos mais recentes, que suportam ISOs altos sem estragar a foto.