O Lado B é uma proposta de fotografar aves de um jeito mais expressivo e criativo, sempre buscando imagens belas e marcantes. Aqui indico como vou escolher a melhor representante do Lado B entre as fotos que recebermos.

 

Texto e fotos: Cristian Andrei

Será uma seleção em três etapas. Na primeira passarão as imagens bonitas e marcantes, aquelas que dão vontade de imprimir e emoldurar. Entre essas, como escolher?

Vamos usar o conceito de “fator determinante”. Se fizermos uma análise “estatística” dos fatores determinantes das boas fotos de bichos livres, acho que encontraremos cinco fatores principais: dedicação, olhar fotográfico, poder, técnica e sorte.

Um “fator determinante” tem duas características: é independente dos outros fatores, por exemplo posso ter dedicação, mas não ter técnica, e cada um influencia a qualidade da foto de forma mais ou menos proporcional: quanto mais aquele fator estiver presente, mais vai contribuir, “na média”, para que a foto seja boa.

  1. Dedicação é sair com frequência, acordar cedo, aguentar frio, entrar na água, manter-se focado no bicho, esperar a luz melhorar, a ave se mover.
  2. O olhar fotográfico é seu talento como fotógrafo. É algo da pessoa, quer seja inato ou desenvolvido com muito empenho. Significa visualizar uma imagem onde outros poderiam não ver, ou ver de outro modo e saber como  se posicionar, aproveitar a luz, como enquadrar e compor. O olhar fotográfico não depende de equipamento. Recorte um buraco de 2 x 3 cm no centro de num pedaço de cartolina preta e pronto – você tem o equipamento que precisa para desenvolver o olhar – durante muito tempo eu tive um desses na mochila.
  3. Poder é ter tempo e dinheiro para viajar, comprar bons equipamentos, contratar guia, barco.
  4. Técnica é saber usar o que se tem, conhecer os recursos da sua câmera, saber escolher a lente (se você tiver mais de uma), o flash ou os flashs, o software de edição da imagem, saber como usar a luz a seu favor, os princípios de composição, tudo o que é necessário para transformar a sua visualização em uma foto.
  5. Sorte são os elementos que a natureza nos oferece (ou nega) – a aparição de uma espécie rara, ou de uma espécie comum fazendo algo inusitado, a luz bonita que bate nas gotas de água bem no momento em que o gavião tira o peixe da água e olha para a câmera em sincronia com o movimento do nosso dedo disparando a foto. Ou não.

Voltando à seleção: na segunda etapa  buscarei as fotos que denotem uma boa contribuição do olhar fotográfico e da dedicação como fatores determinantes do resultado final.

Entre as escolhidas, a vencedora será a que denotar, para mim, a maior contribuição do olhar fotográfico para a qualidade final da foto.

Equipamento, técnica e sorte terão influenciado a definição das selecionadas na primeira etapa, afinal estamos buscando fotos bonitas e com um padrão técnico razoável. Contudo, o Lado B é sobre experimentar, ver de outro jeito, portanto não necessariamente a foto mais bonita ou mais marcante vai ganhar, mas aquela que melhor transparecer a contribuição do olhar fotográfico, da concepção criativa e da capacidade de transformar a visão em uma imagem.

 


Comentários de Claudia Komesu, editora da Virtude-AG: um HD portátil de 1TB é um objeto muito útil, e atraiu a atenção de várias pessoas. Quando lançamos a promoção não havia a definição dos critérios como foi exposto agora, porque não sabíamos como seria a repercussão. Como o interesse foi grande, decidimos que seria julgamento em vez de sorteio.

Quando escolhi o Cristian como juri do concurso, confiei no crivo dele, mas não esperava que ele fosse estruturar um sistema de julgamento. Fiquei contente com o que ele propôs, porque escolheu um critério que valoriza dedicação e talento, com menor influência de equipamento, dinheiro, oportunidades e localização geográfica.

É claro que o equipamento e técnica influenciam. Mas a decisão de valorizar o olhar fotográfico e a dedicação fazem com que uma boa compacta tenha tantas chances quanto uma super DSLR. Você gosta das aves e gosta de fotografar? E tem tantas fotos que um HD de 1TB cairia bem? Então aceite o desafio e busque uma foto que tenha chance de ganhar.

O Lado B tem vários aspectos. Ele tem a beleza como valor fundamental, e começou como uma reflexão de que só buscar fotos de perto, com penas super-definidas, com um recorte fechado na ave, com luz favorável, em uma pose em que se vê as principais características de identificação da ave é um desperdício de talento. Fiz um convite para valorizarmos quase qualquer espécie de ave (menos os pombos-domésticos) e buscarmos um outro olhar sobre as aves. Entre os vários olhares possíveis, o juri decidiu que vai valorizar o talento como fotógrafo, e também a dedicação. Combina bem com o prêmio.