Atenção: infelizmente a RPPN Guainumbi não está mais aberta à visitação

Por que vale a pena: garantia de muitas fotos boas. Mesmo que chova o final de semana inteiro (algo comum na Mata Atlântica), no mínimo você terá as fotos feitas nos ótimos comedouros da Guainumbi, montados com um cenário de galhos e musgos, próximos da varanda, de onde você pode fotografar sentado, comendo um pedaço de bolo e tomando um café. 7 km de trilhas internas, hide na mata onde é possível ver espécies tímidas como o inhambu-guaçu. Trilhas do Parque Estadual da Serra do Mar e a estrada principal que corta o Parque. Simplicidade, sossego, comida caseira, projetos de preservação, pessoas que realmente amam a natureza. Fica a 190 km de São Paulo. A Guainumbi é um dos melhores lugares para passarinhar. (o post é do João Marcelo, dono da RPPN Guainumbi, mas esta introdução foi escrita por Claudia Komesu, fã declarada da RPPN Guainumbi).


Reserva Particular de Mata Atlântica, a 190km da cidade de São Paulo, voltada para ecoturismo. Um dos destinos mais populares entre os frequentadores do Wikiaves

  • Site: www.reservaguainumbi.com.br
  • Texto: João Marcelo da Costa, dono da RPPN Guainumbi
  • Fotos: João Marcelo da Costa, Tiago Degaspari e Claudia Komesu
  • Enviado em maio de 2012, atualizado em janeiro de 2013.
  • RPPN Guainumbi
    Rodovia Vereador Abilio Monteiro de Campos (estrada Velha de Ubatuba), km 7,5
    Bairro Campo Grande
    São Luiz do Paraitinga – SP – Brasil
    Celular administração : (19) 9739- 5853
    Celular do caseiro da Guainumbi: (19) 9708-2983Coordenadas GPS
    -23° 19′ 8.67″ e  -45° 9′ 53.73″ 

João Marcelo da Costa é médico veterinário e ambientalista. Todos os seus projetos são ligados à saúde, ao bem estar animal e à preservação do meio ambiente. Há 7 anos, adquiriu a RPPN Guainumbi com o intuito de colaborar com a natureza e criar uma RPPN – Reserva Particular de Patrimônio Natural.

Nota divulgada pela RPPN Guainumbi em 15 de janeiro de 2013
CAROS AMIGOS E CLIENTES,

A RPPN Guainumbi ESTÁ PRESTES A SE TORNAR UMA RPPN – RESERVA PARTICULAR DE PATRIMÔNIO NATURAL E, ASSIM, ESTARÁ LEGALMENTE PROTEGIDA EM CARÁTER PERPÉTUO.

TUDO ISSO NOS OBRIGA, NESTE MOMENTO, A UMA INTENSA DEDICAÇÃO EM DIVERSOS NÍVEIS.

VISANDO O MAIOR ENGAJAMENTO POSSÍVEL DE TODOS OS ENVOLVIDOS NO PROJETO, A RPPN Guainumbi ANUNCIA AS SEGUINTES MEDIDAS, POR TEMPO AINDA INDETERMINADO:

1) HOSPEDAGENS COM REFEIÇÕES – APENAS EM 3 FINAIS DE SEMANA POR MÊS E FERIADOS (DATAS DISPONÍVEIS NO SITE)

2) HOSPEDAGENS SEM REFEIÇÕES – PERMANECE DURANTE TODOS OS DIAS DO MÊS.

3) ENTRADA PERMITIDA SOMENTE PARA HÓSPEDES, SEM OPÇÃO DE VISITAS OU DAY-USE PARA NÃO HÓSPEDES. EM CASO DE AGÊNCIAS OU PROPOSTAS DE EVENTOS, ENTRAR EM CONTATO.”

MUITO OBRIGADO PELO APOIO E CARINHO DE SEMPRE

JOÃO MARCELO DA COSTA – RPPN Guainumbi

.

A RPPN Guainumbi é destino obrigatório para os apaixonados por aves e pela natureza. Nela já foram registradas mais de 300 espécies de aves. Contando com seu entorno, esse número chega a 348 espécies. Sua localização estratégica, a 1.000 metros de altitude, mas a poucos quilômetros do nível do mar, alia a privacidade, tranquilidade e frescor da floresta, às praias e estrutura de Ubatuba, ou às belezas da histórica São Luís do Paraitinga.

Se você já é um experiente observador ou fotógrafo de aves, com certeza, irá gostar de nossa proposta de trabalho e encontrará várias espécies endêmicas e raras da Mata Atlântica. Se é um iniciante ou apenas um curioso no assunto, encontrará na Guainumbi um excelente local para conhecer melhor a atividade, fazer suas primeiras fotos ou observações  e aprender como funciona a atividade, podendo contar, inclusive, com guia mateiro e/ou ornitológico.

Temos como regra só receber amantes da natureza, ecoturistas, observadores e fotógrafos de aves e da natureza. Pessoas que apreciam o sossego e o contato com a natureza. Se você é uma dessas pessoas, seja bem-vindo à Guainumbi!

Das 348 espécies registradas na região, 68 delas  já foram observadas em nossos comedouros e bebedouros. Entre as 19 espécies de beija-flores que frequentam a reserva, o estrelinha-ametista é o mais procurado pelos visitantes. O inhamubu-guaçu, visto em nosso hide na mata é objeto de desejo também dos fotógrafos e observadores de aves. Na mata, os destaques são as 3 espécies de surucuás e uma sub-espécie, além de outras bem interessantes, com o tangará-dançarino, tangarazinho, araponga e a tesourinha-da-mata. As corujas da Guainumbi são um espetáculo à parte, 6 espécies são observadas nas incursões da Guainumbi, entre elas, a coruja-listrada, coruja-do-mato e a murucututu-de-barriga-amarela.

Os comedouros da Guainumbi oferecem excelentes oportunidades fotográficas. No principal, com frutas, a pessoa pode fotografar até mesmo sentada na varanda, faça chuva ou faça sol. Além disso, pela manhã não é preciso longos deslocamentos para começar a passarinhar: antes do sol nascer, pela janela do refeitório você já pode ver a movimentação das aves nos comedouros e bebedouros, e logo já estará nas trilhas internas ou na trilha do Parque Estadual com diversos níveis de dificuldade, distância e espécies de aves.

A Guainumbi oferece acomodações simples e confortáveis, para quem aprecia o contato com a natureza e quer aproveitar ao máximo o passeio em local tranquilo e reservado.

A pousada é pequena: são apenas 4 quartos e 2 chalés, então você nunca terá a sensação de haver gente demais. Todos os quartos na pousada têm banheiro privativo, ventilador e TV com parabólica. Os chalés têm uma bela vista, situados em uma área mais elevada com acesso por uma escada íngreme:

  • O Chalé dos Tucanos tem capacidade para 3 pessoas. Equipado com frigobar, micro-ondas, minifogão, utensílios de cozinha, TV parabólica, ventilador e banheiro privativo, 1 cama de casal, 1 cama de solteiro.
  • O Chalé das Corujas tem capacidade para 6 pessoas. Equipado com frigobar, micro-ondas, minifogão, utensílios de cozinha, TV parabólica, ventilador e banheiro privativo, 1 cama de casal, 2 beliches.

A Guainumbi é uma área de preservação particular, portanto monitorada e vigiada diariamente. Em seus 70ha de Mata Atlântica, permite que seus hóspedes percorram as trilhas auto-guiadas de uma maneira privativa e segura. Sugerimos o acompanhamento de guia para um maior aproveitamento dos passeios. Apesar do baixo-risco, é obrigatório o uso de perneiras, cedidas gratuitamente, para uso durante a permanência do hóspede na reserva.

Nos 7km de trilhas dentro da reserva, oferecemos uma oportunidade segura e tranqüila de se conhecer um habitat com mais de 300 espécies de aves e dezenas de espécies de mamíferos, répteis e anfíbios, muitos deles endêmicos de Mata Atlântica ou ameaçados de extinção como o sagüi-da-cara-branca, bicho-preguiça, Jaguatirica, pica-pau-dourado, araponga, tangará-dançarino, sapinho-pingo-de-ouro, entre outros…

As bem cuidadas trilhas, dentro da floresta, representam um bioma altamente ameaçado e que abriga árvores raras, como a noz-moscada, o carvalho-brasileiro e o palmito jussara, além de uma grande variedade de orquídeas e bromélias.

Temos um hide suspenso, carinhosamente chamado de “Casinha da Mata”, onde é possível, com paciência, observar várias espécies de aves, como  inhamubu-guaçu, sabiá-coleira, trinca-ferro, juriti gemedeira, saracura do mato, uru, entre outros.

As trilhas auto-guiadas da Guainumbi, área dos comedouros e bebedouros, arredores da pousada e estrada parque podem ser percorridas sem acompanhamento. Algumas pessoas preferem passear sozinhas, mas quem quiser aumentar as chances de avistamentos e ter um passeio mais seguro, recomendamos contratar um guia. A Guainumbi oferece três tipos de guias para seus passeios internos.

Valores em maio de 2012. Confirme antes com a própria Guainumbi.

Guia mateiro: conhece pontos em que determinados animais e aves são vistos com mais frequência. Conhecedor de nossas florestas, culturas e lendas da região. Linguagem simples e uso de nomes populares para as aves e para a natureza em geral. Pode guiar grupos privativos dentro do Parque Estadual, seguindo as necessidades do grupo com relação a horário de entrada e saída durante o dia. R$ 100/ grupo por dia ( para hóspedes) R$120/ grupo por dia (para visitantes)

Guia ornitológico: profissional do ramo da observação e fotografia de aves. Guia com olhos e ouvidos treinados para achar as aves. Utiliza, se necessário, equipamentos de playback. Conhece as aves da região por nome popular, científico e em inglês. R$ 200/grupo por dia + despesas com transporte, alimentação e hospedagem, se necessário.

Monitores da Guainumbi: acompanham os hóspedes ou visitantes pelas trilhas da Guainumbi. Conhecem todas as trilhas, mas não tem conhe­cimento específico de fauna ou flora. R$ 30/ grupo por passeio de até 3h.

Monitores do Parque Estadual: a Guainumbi pode agendar para os hóspedes passeios nas trilhas do Parque. Os monitores não têm conhecimento especializado em fauna ou flora, e não cobram pelo passeio, mas recomendamos uma “caixinha”. Os passeios agendados através do Parque são feitos em grupos e à partir das 9h.

Contato pelo site da Guainumbi: www.reservaguainumbi.com.br

Visitas, day-use, hospedagem e participação em eventos e workshops, somente com agendamento prévio.

Dê preferência para um primeiro contato através de mensagem, pelo fale conosco de nosso site. Caso haja dificuldade na comunicação por e-mail, ligue nos telefones abaixo:

Celular administração : (19) 9739- 5853

Celular do caseiro da Guainumbi: (19) 9708-2983

Há aves o ano todo, mas duas épocas são especialmente procuradas:

– no inverno, especialmente em julho, é mais fácil ver as aves nos comedouros. Há pouca comida na mata, e as aves procura mais outras fontes de alimento.

– a primavera, principalmente entre setembro e outubro, é um período para as aves em qualquer lugar. As aves estão em maior atividade devido ao periodo de reprodução da maioria das espécies.

Valores fornecidos em maio de 2012, sujeitos a alterações. Confirme antes.

Orientações para quem vem de carro, de São Paulo

RPPN Guainumbi
Ac. Ver. Abilio Monteiro de Campos (estrada Velha Ubatuba), km 7,5
Bairro Campo Grande
São Luis do Paraitinga – SP – Brasil

  • Rodovias Dutra ou Ayrton Senna/Carvalho Pinto até Taubaté.
  • Seguir indicação para São Luís do Paraitinga (Rodovia Osvaldo Cruz).
  • Na altura do km 78 você verá, à esquerda, a entrada do Núcleo Santa Virgínia do Parque Estadual da Serra do Mar (ver mapa abaixo)
  • Cruze a pista com cuidado.
  • Basta seguir a estrada de terra por 7,5km e você chegará à Guainumbi.

A Guainumbi está no Google Maps. Basta digitar RPPN Guainumbi 

Orientações para quem vem de ônibus
A viagem para a Guainumbi de ônibus é feita em três etapas:

  1.  Ônibus até Taubaté
  2. Ônibus Taubaté-Ubatuba: parar no km 78 da Rodovia Osvaldo Cruz (ponto de ônibus do Núcleo Santa Virgínia, que fica 14km antes de Ubatuba).
  3. Traslado particular da reserva feito pelo Josiel, monitor da Guainumbi.Agendar com antecedência.8km de estrada de terra, 20minutos.

 Para quem está em Ubatuba e quer ir para a Guainumbi, as opções seriam:

  1.  Ônibus para Taubaté, com parada no ponto do Núcleo Santa Virgínia + traslado particular da reserva.
  2. Táxi.

Informações adicionais
Trecho São Paulo-Taubaté

  •  Terminal Rodoviário Tietê.
  • Viação Pássaro Marrom
  • Tel: 11 3775-3861
  • Saídas diárias: a partir das 6h, de hora em hora, até às 23h
  • Valor: R$ 26,15.
  • Duração: 2h30.

 * Todos os ônibus que partem de São Paulo em direção à Ubatuba vão pela Tamoios, portanto não passam em frente ao Núcleo Santa Virgínia.

Trecho Rio de Janeiro-Taubaté

  • Viação Sampaio
  • Tel: 21 2233-8325
  • Saídas diárias: 7h, 9h30min, 12h, 14h, 15h, 17h15 e 23h59
  • Valor: R$ 52,30.
  • Duração: 4h30Viação Turismo São José
  • Tel: 12 3132-4156.
  • Duração: 2h. Valor: R$ 22,40.
  • Saídas diárias: 6h30min, 11h30min, 16h, 20h.

 * Todos os ônibus que partem de São Paulo em direção à Ubatuba vão pela Tamoios, portanto não passam em frente ao Núcleo Santa Virgínia.

Translado particular entre Núcleo Sta. Virginia (Km 78 Rod. Oswaldo Cruz) e a Guainumbi.

  • Josiel / Guainumbi
  • Tel: (12) 9769-3844.
  • Valor: R$ 60 ida e volta.

Taxi

  •  Táxi  de Taubaté até  Guainumbi
    aproximadamente  R$ 120-R$150
  •  Taáxi  do Aeroporto de Cumbica- Guainumbi ou Aeroporto de Congonhas-Guainumbi
    aproximadamente R$400 ida e volta R$600, falar com Agnaldo Gonçalves de Queiroz pelo telefones (11) 70882069 ou nextel (11) 77822741.

 

A Virtude convida os donos de pousadas e hotéis voltados ao ecoturismo a se apresentarem.
Basta fazer um post.

As informações do post são responsabilidade do autor do texto. Caso você encontre informações sobre pousadas ou sobre guias muito diferente da sua experiência pessoal, envie um e-mail para claudia.komesu@gmail.com

Se você se hospedar com esta pousada por causa da Virtude, por favor passe essa informação para eles ao fazer a reserva e, se possível, para nós.
Não ganhamos comissão, mas é uma informação importante sobre a influência da Virtude-AG.

 

Posts relacionados com a RPPN Guainumbi