Criei no Facebook um grupo chamado “Fotografia de natureza, com amor”, e reuni pessoas interessadas em conversar sobre aspectos conceituais, criativos e motivacionais da fotografia de natureza. https://www.facebook.com/groups/297314377360599/?ref=bookmarks

Não há uma pauta específica. Conversamos sobre técnicas, experimentos, fotógrafos favoritos, inspirações estéticas. Só pedi para não ser um grupo que publica fotos pra trocar elogios, e sim que as fotos tenham algum objetivo, algo pras pessoas aprenderem ou conversarem sobre, e também pedi pra não ser um grupo focado em análise técnica.

Se você se identifica, se inscreva. Caso eu demore pra responder, me mande uma mensagem no Facebook ou pro meu email claudia.komesu@gmail.com dizendo que você leu o post no Virtude e quer participar do grupo. Tenho vetado a participação de pessoas que parecem não ter relação com fotografia de natureza.

Este post é um dos assuntos que temos conversado no grupo

A diversão de fotografar pessoas durante um passeio de natureza

  • Texto: Claudia Komesu. Fotos: a maioria é de minha autoria, exceto duas que são do Cristian Andrei. Fotos feitas com diversos equipamentos ao longo de anos.

Se tem uma coisa que eu me arrependo é de não ter fotografado mais pessoas nesses anos fazendo viagens pra fotografar natureza. Não lamento os lifers que perdi, as fotos que desperdicei, regulagens erradas, fotos desfocadas ou tremidas, pra mim tudo isso faz parte da atividade. Mas lamento bastante ter demorado pra enxergar o quanto é legal ter fotos das pessoas.

– As pessoas fotografando sempre rendem imagens bonitas

– Sempre haverá algum cenário cênico ou no mínimo interessante

– Não é difícil encontrar luz boa

Os selfies são boas lembranças, mas minha preferência é pelas fotos não posadas.

Algumas das fotos deste álbum foram com a tele mesmo, outras com compacta. Nos últimos meses tenho carregado (que vergonha dizer isso) duas compactas, uma no punho, outra pendurada na cintura – além da tele, e o celular no bolso. Na segunda quinzena de junho fui passarinhar na Trilha dos Tucanos e experimentei um presente que ganhei da Juliana Diniz, uma Black Rapid pra duas câmeras, e acho que agora só vou sair com a D800 + 300 f4 de um lado, e uma D300 + 105 do outro. (mas talvez continue carregando as compactas e o celular… cinco câmeras no corpo parece bem ridículo, mas acho que será útil).

O amigo Robson Bento me falou que gostava de ver as fotos que as pessoas fazem de um passeio, porque são registros do que elas viram. Parece uma frase besta, mas pra mim não foi, nunca esqueci dela. E lamento que antes eu não conseguisse enxergar a enorme beleza das imagens de pessoas fotografando e caminhando na mata.

E vocês? Fotografam gente? O que mais fotografam quando saem pra fotografar natureza?