Por que vale a pena: Belo Horizonte, localizada no ecótono (região de transição) Cerrado/Mata Atlântica, é uma cidade com grande potencial para o birdwatching. Sua região metropolitana conta com inúmeras áreas preservadas, onde também podemos encontrar campos rupestres e campos ferruginosos, biomas ameaçados pela mineração, além de áreas ainda muito pouco amostradas, como a região da serra da Gandarela. Até existe na literatura um registro recente, não documentado, de uma grande ave de rapina, que foi atribuída à harpia (a mais poderosa águia do mundo), para a região metropolitana de BH!

João Sérgio Barros Freitas de Souza é observador de aves desde 1986 quando apaixonou-se pelas aves de rapina. Em janeiro de 2010 começou a fotografar a vida selvagem após conhecer o Wikiaves. É membro do Instituto Pró-Endêmicas e funcionário público em Belo Horizonte/MG.

Quadro resumo: Belo Horizonte e arredores

  • Destaques: beija-flor-de-gravata-verde, rabo-mole-da-serra, chifre-de-ouro, capacetinho-do-oco-do-pau.
  • Infraestrutura: boa, mas com problemas de congestionamento de carros na cidade. Além de sua vocação “ornitológica”, BH possui vasta rede hoteleira, bons restaurantes e atrações diversas para toda família, com destaque para o Parque das Mangabeiras (com mais de 160 espécies de aves registradas e uma rica flora) e a Lagoa da Pampulha (que conta com registros da paturi-preta, tapicuru-de-cara-pelada, colhereiro, águia-pescadora, cardeal-do-nordeste e até do gavião-pega-macaco, entre muitos outros). No site www.guiabh.com.br você pode se informar sobre atrações turísticas, programação cultural, eventos, bares, enfim, uma boa fonte de informação da capital. Outro ponto importante de ser citado é o trânsito, insuportável nos horários de pico, durante as férias escolares não há maiores problemas.
  • Guia: neste post escrevi sobre alguns lugares que conheço, mas existem muitos outros, vale a pena contratar uma guia especializada em aves, recomendo a Juliana Oliveira: e-mail: ecolojuba@yahoo.com.br, tel: 31- 9954-1335, membro da ECOAVIS – Ecologia e Observação de Aves de MG

Serra da Calçada: bem, dentro dos biomas dos campos rupestres e ferruginosos, temos a Serra da Calçada, que se destaca pela facilidade de acesso e pela lista de endemismos (espécies exclusivas de um determinado bioma). Fica a 25 km do centro da cidade, sendo o acesso todo pavimentado.

Você pode acessar a Serra por duas entradas que ficam ao lado da portaria do condomínio Retiro das Pedras (um dos mais conhecidos de BH). O endereço é Alameda das Azaléias, Nova Lima-MG, a rua começa na BR 040 no Km 431 e deve ter 1 km de extensão, no final da rua você encontra o condomínio e os acessos à  Serra. Esses acessos são interrupções na cerca de arame farpado que margeia a estrada.

Uns poucos minutos de caminhada por trilhas leves que atravessam o alto da serra e já se podem ver inúmeros beija-flores, como o estrelinha-ametista, o chifre-de-ouro e a jóia alada das Minas Gerais, o beija-flor-de-gravata-verde, que só é encontrado no alto da cadeia do Espinhaço mineira. Outros notáveis endemismos, encontrados com relativa freqüência, são o rabo-mole-da-serra, o papa-moscas-de-costas-cinzentas e a campainha-azul. A serra ainda conta com registros das águias cinzenta e chilena, do capacetinho-do-oco-do-pau, do tapaculo-de-colarinho, do sanhaçu-de-fogo, do canário-rasteiro, do caminheiro-de-barriga-acanelada, entre muitos outros.

Localizado no município vizinho de Nova Lima, a 20 km de Belo Horizonte, o Parque Ecológico Municipal Rego dos Carrapatos é uma boa opção para uma agradável caminhada com a família em meio à mata e seus habitantes. Criado em 2000, protege importante remanescente de Mata Atlântica que acompanha o rego (riacho) dos Carrapatos, em boa parte de seus 5,5 km de extensão. A população local o utiliza principalmente para caminhadas, aproveitando o contato com a natureza e o agradável clima proporcionados pela floresta.

Infelizmente este parque é subestimado pela administração pública, o que torna desaconselhável fotografar sozinho em seu interior, pois carece de investimentos em várias áreas, inclusive na segurança pública. Ainda assim o Parque Ecológico Rego dos Carrapatos é um dos destinos favoritos dos observadores e fotógrafos de aves da capital, que já catalogaram mais de 100 espécies (www.taxeus.com.br), entre elas a choquinha-de-dorso-vermelho, o inhambuguaçu, o joão-botina-da-mata, o joão-teneném, o tangará, o limpa-folha-de-testa-baia, o rabo-branco-rubro e o urubu-rei.

Endereço: Rua Joaquim Elói de Azevedo, s/nº Nova Lima/MG Tel: (31) 3541-4376