A ideia é, além de passar conceitos básicos de fotografia e dos temas de natureza, falar um pouco de edição de imagens, dos destinos e viagens, referências, da missão que é promover a natureza e outros assuntos… enfim, como um “hobbysta”/amador pode curtir e vivenciar de um modo muito sério a paixão pela natureza e pela fotografia.

pa_zizo_nov11_vpo_abertura

 

meio ambiente novembro

Programação do Sesc

  • Texto e foto: Vinicius Pontello
  • Contato do Vinícius: pelo Wikiaves, Facebook, ou pelo e-mail irmaosilvestre@gmail.com
  • Atividade: Workshop de fotografia no Sesc de Taubaté, nos dias 9 e 10 de novembro de 2013. Curso gratuito com vagas limitadas, inscrições pelo telefone (12) 3634-4000
  • Nos dois dias as atividades começam às 9h30. No domingo haverá atividade prática. Não pode ser mais cedo por questões de estrutura do Sesc.

O que irá acontecer no Sesc de Taubaté é uma atividade aberta à comunidade e será gratuita.

O Sesc de Taubaté já possui um quadro de atividades relacionadas ao Meio Ambiente. Recentemente eles estão com um projeto que se chama a “A Outra Margem do Rio” sobre o nosso rio daqui, o Paraíba do Sul. Nesse contexto estão desenvolvendo atividades sob a ótica ambiental, inclusive tivemos um workshop sobre Observação de Aves que o nosso amigo Marco Crozariol realizou.

Nas minhas prosas com o pessoal do Sesc me foi apresentado todo este conjunto de ações e atividades que eles realizam. Uma das propostas que existe por lá é a de vivência, que faz parte de outras atividades e que incorporei na elaboração da minha apresentação.

Se a vivência é feita da experiência, penso que a maior contribuição e partilha que se possa ter na fotografia de natureza não é somente as imagens, mas a emoção de ser conviver um pouco que seja com o mato, rios, plantas, bichos…

Além disso, no papel que o fotógrafo, no meu caso um hobbysta ou amador, pode ter nesse universo: seja promovendo o turismo ecológico em sua região, ajudando não só na preservação daquele local, seja fomentando o desenvolvimento social, como dando novas oportunidades aos moradores locais, que trabalham como guias, funcionários de Pousadas, os próprios donos de pousadas…. enfim, milhares.

Nesse contexto também gostaria de mostrar que pra se ter acesso à natureza exuberante não é precisa viajar muito. Temos a poucos quilômetros Campos do Jordão, Ubatuba, Tremembé, Itatiaia…. está tudo ao nosso alcance. Toda cidade tem suas surpresas, não é mesmo? Vou mostrar um pouco do que temos de especial no conjunto Vale do Paraíba, Serra do Mar e Serra da Mantiqueira.

Apresentarei alguns fotógrafos fundamentais para se ter conhecimento, aqueles que desenvolvem um trabalho de referência. Também mostrarei um pouco do que os gringos do birding têm feito em fotografia.

Esta é a ideia: colocar o amigo que estiver lá para dividir essa experiência de vivência (mesma que curta, mas intensa). Trazê-lo para o mesmo universo daquele que vivemos.

Haverá, ainda, no domingo uma saída pela unidade e, nessa ocasião, tenho a intenção de apresentar os detalhes e as oportunidades que temos e que, muitas vezes, deixamos passar!