CURSO – Introdução à Observação de Aves – Izabela Hendrix

As comemorações da Semana da Biologia de 2014 foram especiais. Recebi o convite para ministrar um curso durante o evento do Unicentro Izabela Hendrix, local onde há mais de uma década comecei minha vida dentro das Ciências Biológicas. Voltar naquela casa e naquela sala, onde defendi minha monografia, foi um momento emocionante. Além disso, o convite foi para falar de passarinho, o que deixou tudo ainda mais fantástico.

Nos dois primeiros dias o curso foi teórico. Foram abordados temas como história, conceitos, equipamentos e comportamento em campo. Dicas de como treinar a percepção ambiental também foram apresentadas. Poder falar de passarinho para uma turma de futuros biólogos é oportuno pois, além de uma atividade turística, a observação de aves é uma oportunidade de trabalho para os recém formados.

O terceiro dia foi de acordar cedo e ir para campo. Contando com a ajuda da amiga, observadora e botânica, Carol Oliveira, partimos para as Serras da Moeda e Calçada. No turno da manhã visitamos uma trilha dentro de Mata Atlântica em Moeda/MG. Logo no início um joão-teneném (Synallaxis spixi) deu um mole raro, saindo do habitual emaranhado e posando com a luz do Sol valorizando suas cores. Promessa de um dia proveitoso. Poucos passos depois, outro sujeitinho tímido deu o ar da graça. Um joão-porca (Lochmias nematura) caminhava tranquilamente sobre pedras e troncos, forrageando em um dos vários cursos d’água presentes no local. O pequenino estrelinha-ametista (Calliphlox amethystina) não fez feio e estava no poleiro habitual. Logo depois o tororó (Poecilotriccus plumbeiceps) apareceu e deu um trabalhão danado. Logo entrando na trilha da mata as espécies costumeiras começaram a vocalizar e algumas chegaram bem perto.

O mais especial do dia ainda estava pela frente. O incrível gavião-pega-macaco (Spizaetus tyrannus) vocalizou longe… A alegria em ouvi-lo novamente, o que vem acontecendo há dois meses, contagiou o grupo. Andamos um pouco, atraímos o bicho e após poucos minutos o gigante sobrevoou nossas cabeças. A copa das árvores atrapalhava a visualização mas já foi possível perceber que eram três indivíduos. Adiantamos o passo em busca de uma clareira. Chegando nela, binóculos para o alto e dedo nos botões das câmeras. Bastou tocar a vocalização uma vez e repentinamente o gavião passou por cima de nós, bem próximo, poucos metros de nossas cabeças. A reação foi incrível. Ver aquela molecada sentindo pela primeira vez a emoção de ver uma super ave de rapina, foi especialmente emocionante. Já não restava dúvidas, o vírus dos passarinhos havia acabado de infectar mais 12 pessoas. Após isso o gaturamo-rei (Euphonia cyanocephala) apareceu e ganhou o prêmio de mais bonito do dia.

Descendo e retornando pela trilha percebemos uma movimento de várias espécies se alimentando de formigas e foi o momento de resolver assuntos inacabados com uma das espécies que mais me dá baile nesses anos de observador de aves. Lá estava um casal de olho-de-fogo (Pyriglena leucoptera), pousando de galho em galho, cada um melhor do que o outro para observar e fotografar. Ah! Finalmente consegui ver direito essa espécies linda e bem comum em nossas matas. A Carol se aproveitou e também fez uma foto incrível. A turma de novos observadores já manejavam com habilidade o binóculos e alguns já estavam fazendo boas fotografias.

Após o almoço visitamos a Serra da Calçada, em Brumadinho/MG. Foram avistados poucos passarinhos, devido o forte calor e horário. Fomos compensados por paisagens incríveis e muito bate papo sobre passarinho. Turma divertidíssima e animada, que me lembrou minha época de faculdade. Futuros biólogos e, agora oficialmente, observadores de aves. Garotada muito simpática que tive o prazer de conhecer, como mais uns dos bons frutos que colho graças ao mundo dos passarinhos. No total foram avistadas mais de 60 espécies (lista). Agradeço ao Izabela Hendrix pelo convite e oportunidade. Agradeço à Carol Oliveira pela força. Agradeço à cada um dos inscritos pela confiança e pelos excelentes momentos. Contem comigo!