Indico novo destino para observação de aves em Santa Catarina. Trata-se da cidade de Anitápolis, município com extenso território que abriga ambientes vegetais distintos da Mata Atlântica, com grande diversidade de aves. Anitápolis tem uma característica especial: é um local que escapou de uma mina de fosfato. Vale a pena conhecer e valorizar.

Anitapolis_Carlos-Nascimento_01

 

  • Texto e fotos: Carlos Nascimento
  • Contato: carlos.eduardon@gmail.com

Inicialmente fazendo parte de Santo Amaro da Imperatriz, o município de Anitápolis foi emancipado em 1961 e recebeu esse nome em homenagem à heroína Anita Garibaldi. Localizado numa área rica vegetação com várias nascentes, Anitápolis possui potencial para o turismo rural e ecológico e principalmente para a prática de canoagem e pescaria. Colonizada por alemães, a maioria da população trabalha no campo, sendo que a agricultura permanece como a base econômica da cidade desde os seus primeiros tempos e a pecuária é apenas para a subsistência.

  • Municípios limítrofes: Alfredo Wagner, Bom Retiro, Urubici, Santa Rosa de Lima, São Bonifácio, Águas Mornas e Rancho Queimado.
  • Área: 542,38 km², População: 3.211 hab. est. IBGE e Altitude 430 m
  • Anitápolis fica a 94km de Florianópolis, via BR101 , BR-282 e SC-407 (90 % de asfalto). Tempo estimado: 1h20
  • Página da cidade no Wikiaves: http://www.wikiaves.com.br/cidade.php?c=4201109

Estou à disposição para conduzir grupos na região. Pousadas na região com valores médios de R$ 100 por pessoa com alimentação.

Sugiro o Sítio Pasárgada dos amigos Fernando e Regina, além de perfeitos anfitriões são grandes conhecedores da região. A pousada é pequena mas oferece muitas opções (capacidade para hospedar 12 pessoal com conforto): http://www.pasargada.tur.br/

O guiamento é feito pela nossa equipe. Importante salientar o tamanho do município que atinge diversas altitudes, com muitas espécies interessantes registradas. Em meio dia de levantamento, registramos mais de 50 espécies no entorno do sítio.

Link para informações da pousada Sítio Pasárgada no site da prefeitura: http://www.anitapolis.sc.gov.br/turismo/item/detalhe/3463

A destruição ambiental que não aconteceu graças à juíza federal Marjôrie Freiberger Ribeiro da Silva e à ONG Montanha Viva

Pequena observação de Claudia Komesu, editora do Virtude-AG

Estamos tão acostumados a ler notícias ruins sobre o meio ambiente, que faço questão de compartilhar as notícias boas. Transfiro aqui a nota que saiu no Estadão em setembro de 2009. Destaquei a declaração da juíza. Outra notícia boa veio deste site: http://www.verdevaleam.com.br/conteudo/leitura/639/3/-Fosfateira-IFC-desmobiliza-escritorio-em-Anitapolis, que diz que o escritório da mineradora em Anitápolis foi desmontado, e que talvez eles tenham desistido mesmo do projeto. Ainda pairam ameaças sobre a região, mas é uma alegria ver uma ação de uma ONG que foi bem sucedida, e uma juíza com coragem para barrar um empreendimento de grande porte que prejudicaria muito o meio ambiente e a qualidade de vida das pessoas da região.

“Justiça suspende mina de fosfato em SC

Liminar impede instalação de mineradora em área de Mata Atlântica

Eduardo Nunomura – O Estadao de S.Paulo

A Justiça suspendeu ontem a licença ambiental prévia que autorizava a Indústria Fosfatos Catarinense (IFC) a iniciar o processo de instalação de uma mina de fosfato em Anitápolis (SC). Baseando-se no princípio da precaução, a juíza federal Marjôrie Freiberger Ribeiro da Silva proibiu o órgão ambiental, a Fatma, de autorizar o corte de Mata Atlântica até que seja dada a sentença final.

A ação civil pública foi movida pela organização não-governamental Associação Montanha Viva contra as empresas Bunge e Yara Brasil Fertilizantes, donas da IFC.

Reportagem do Estado publicada em 20 de setembro relatou o polêmico projeto de construção de uma mineradora de fosfato em Anitápolis, a maior obra em discussão no Estado. O texto mostrou como a mina que prevê produzir 1,8 milhão de toneladas de fosfato tem gerado críticas em uma região voltada para a agricultura familiar.

Na liminar, a juíza Marjôrie afirma que “há fundado receio de grave lesão ao meio ambiente se o licenciamento ambiental prosseguir”. “Não será plausível imaginar o esgotamento da água natural e a desertificação da região ao final de 33 anos de consumo ininterrupto pelo empreendimento? Não será provável que o desmatamento implique dizimação total das espécies vegetais e animais ameaçadas de extinção?”, indagou a juíza.

A juíza Marjôrie questionou a falta de publicidade do empreendimento, a construção de uma linha de transmissão de energia exclusiva para a IFC e o risco ambiental sobre a Bacia Hidrográfica do Braço do Norte. A empresa IFC foi procurada pela reportagem, mas preferiu não se pronunciar enquanto não tiver ciência da íntegra da liminar. Também não foi possível localizar um representante da Fatma. ”

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,justica-suspende-mina-de-fosfato-em-sc,442535,0.htm

 

Lista de aves de Anitápolis registradas no Wikiaves em novembro de 2013

Espécie Nome Comum
Accipiter bicolor gavião-bombachinha-grande
Elanoides forficatus gavião-tesoura
Harpagus diodon gavião-bombachinha
Amazonetta brasiliensis pé-vermelho
Streptoprocne biscutata taperuçu-de-coleira-falha
Bubulcus ibis garça-vaqueira
Egretta thula garça-branca-pequena
Nystalus chacuru joão-bobo
Coragyps atratus urubu-de-cabeça-preta
Sarcoramphus papa urubu-rei
Coereba flaveola cambacica
Columbina talpacoti rolinha-roxa
Leptotila verreauxi juriti-pupu
Conopophaga lineata chupa-dente
Cyanocorax caeruleus gralha-azul
Aburria jacutinga jacutinga
Penelope obscura jacuaçu
Dendrocolaptes platyrostris arapaçu-grande
Lepidocolaptes falcinellus arapaçu-escamado-do-sul
Poospiza cabanisi tico-tico-da-taquara
Poospiza nigrorufa quem-te-vestiu
Sicalis flaveola canário-da-terra-verdadeiro
Sporophila caerulescens coleirinho
Zonotrichia capensis tico-tico
Milvago chimachima carrapateiro
Chamaeza ruficauda tovaca-de-rabo-vermelho
Euphonia chalybea cais-cais
Sporagra magellanica pintassilgo
Cranioleuca obsoleta arredio-oliváceo
Furnarius rufus joão-de-barro
Heliobletus contaminatus trepadorzinho
Leptasthenura setaria grimpeiro
Lochmias nematura joão-porca
Philydor rufum limpa-folha-de-testa-baia
Synallaxis cinerascens pi-puí
Synallaxis ruficapilla pichororé
Progne chalybea andorinha-doméstica-grande
Pygochelidon cyanoleuca andorinha-pequena-de-casa
Stelgidopteryx ruficollis andorinha-serradora
Cacicus chrysopterus tecelão
Icterus pyrrhopterus encontro
Molothrus bonariensis vira-bosta
Jacana jacana jaçanã
Mimus saturninus sabiá-do-campo
Basileuterus culicivorus pula-pula
Basileuterus leucoblepharus pula-pula-assobiador
Geothlypis aequinoctialis pia-cobra
Parula pitiayumi mariquita
Colaptes campestris pica-pau-do-campo
Piculus aurulentus pica-pau-dourado
Picumnus temminckii pica-pau-anão-de-coleira
Veniliornis spilogaster picapauzinho-verde-carijó
Chiroxiphia caudata tangará
Ilicura militaris tangarazinho
Manacus manacus rendeira
Podilymbus podiceps mergulhão-caçador
Amazona vinacea papagaio-de-peito-roxo
Brotogeris tirica periquito-rico
Forpus xanthopterygius tuim
Pionopsitta pileata cuiú-cuiú
Pyrrhura frontalis tiriba-de-testa-vermelha
Gallinula galeata frango-d’água-comum
Pardirallus nigricans saracura-sanã
Phylloscartes ventralis borboletinha-do-mato
Tolmomyias sulphurescens bico-chato-de-orelha-preta
Sclerurus scansor vira-folha
Batara cinerea matracão
Thamnophilus caerulescens choca-da-mata
Dacnis cayana saí-azul
Lanio melanops tiê-de-topete
Pipraeidea melanonota saíra-viúva
Pyrrhocoma ruficeps cabecinha-castanha
Saltator maxillosus bico-grosso
Saltator similis trinca-ferro-verdadeiro
Stephanophorus diadematus sanhaçu-frade
Tachyphonus coronatus tiê-preto
Tangara cyanoptera sanhaçu-de-encontro-azul
Tangara desmaresti saíra-lagarta
Tangara palmarum sanhaçu-do-coqueiro
Tangara preciosa saíra-preciosa
Tangara sayaca sanhaçu-cinzento
Tangara seledon saíra-sete-cores
Tersina viridis saí-andorinha
Theristicus caudatus curicaca
Crypturellus obsoletus inhambuguaçu
Tinamus solitarius macuco
Pachyramphus castaneus caneleiro
Amazilia versicolor beija-flor-de-banda-branca
Anthracothorax nigricollis beija-flor-de-veste-preta
Calliphlox amethystina estrelinha-ametista
Chlorostilbon lucidus besourinho-de-bico-vermelho
Clytolaema rubricauda beija-flor-rubi
Leucochloris albicollis beija-flor-de-papo-branco
Stephanoxis lalandi beija-flor-de-topete
Thalurania glaucopis beija-flor-de-fronte-violeta
Troglodytes musculus corruíra
Trogon rufus surucuá-de-barriga-amarela
Trogon surrucura surucuá-variado
Turdus rufiventris sabiá-laranjeira
Camptostoma obsoletum risadinha
Elaenia mesoleuca tuque
Elaenia obscura tucão
Hirundinea ferruginea gibão-de-couro
Knipolegus nigerrimus maria-preta-de-garganta-vermelha
Muscipipra vetula tesoura-cinzenta
Myiarchus ferox maria-cavaleira
Myiarchus swainsoni irré
Myiodynastes maculatus bem-te-vi-rajado
Myiophobus fasciatus filipe
Tyrannus melancholicus suiriri
Tyrannus savana tesourinha
Cyclarhis gujanensis pitiguari
Hylophilus poicilotis verdinho-coroado
Vireo olivaceus juruviara

 

Ações a favor da divulgação do birdwatching e da conservação da natureza (+)