Relato de Geiser Trivelato: a fotografia de natureza como agente de divulgação. Fotos e reportagens publicadas na Revista Terra da Gente, trabalho com a equipe de TV, fotos em livros didáticos.

 

Desde que comecei a fotografar a natureza e especialmente as aves em 1999, meu principal objetivo sempre foi o de tentar de alguma forma ajudar na preservação da natureza, dos animais e dos ecossistemas que eles vivem. As fotografias mesmo sendo algo bem pessoal, se divulgadas de maneira correta, poderiam ser um forte aliado a favor da preservação. Afinal, fotografando as belezas naturais e mostrando para o maior número de pessoas possíveis, acreditava que belas imagens teriam o poder de sensibilizar algumas pessoas.

Dizem que temos que conhecer primeiro algo para aprender a gostar delas, então, as fotografias das aves do Brasil se encaixariam perfeitamente neste raciocínio. Se meu trabalho fizer ao menos uma única pessoa gostar da natureza como eu gosto, isso já valeria a pena! E com este pensamento, passei meus primeiros anos fotografando por hobby, e colocando a maioria das fotos em um blog antigo.

Aos poucos começaram a surgir contatos de pessoas elogiando minha iniciativa, comentando sobre aquelas fotos, pedindo ajuda para começar a fotografar também. As coisas chegaram ao ponto de se tornar um trabalho profissional quando em 2005 consegui publicar minhas fotos pela primeira vez na Revista Terra da Gente, onde o assunto eram fotos de ninhos das aves. Daí para frente, graças a Deus, várias e várias vezes tive fotos publicadas nessa revista, que considero uma das mais importantes no assunto meio-ambiente. Também fiz matérias inteiramente de minha autoria (texto e fotos) para essa publicação, em que destaco a última que publiquei em fevereiro de 2012, com o assunto, aves migratórias na região da Lagoa do Peixe (RS).

Também tenho recebido vários pedidos de uso de minhas fotos para a publicação em livros didáticos principalmente nas áreas de Ciências e Biologia. Desta maneira consegui alcançar o que a meu ver é o principal público-alvo de um trabalho voltado para conservação ambiental: as nossas crianças. Hoje trabalho como fotógrafo de natureza e guia de observadores de aves.

Tenho um site pessoal onde divulgo todo esse meu trabalho, mas a participação como colaborador da Virtude me levou a acreditar que a divulgação das aves para os leigos pode fazer a diferença e trazer cada vez mais gente nova para nosso lado!

Participação de Geiser Trivelato na Virtude-AG