(…) Independentemente do quanto fazemos e do quanto nos esforçamos temos que lembrar que cada um de nós, com pequenas ou grandes, poucas ou muitas ações, podemos contribuir para o bem comum, com um objetivo único: a perpetuação de nossas belas e apaixonantes aves brasileiras, para que possamos sempre ter o prazer de observar suas cores, detalhes e ouvir suas mais belas melodias.

  • Texto: Daiane Barros
  • Contato: daianebarros159@hotmail.com

Olá amigos do Virtude-AG é sempre um prazer enorme escrever para o blog, neste post descrevo os pequenos gestos de contribuição para o birdwatchig.

Neste ano duas ações me deixaram feliz e satisfeita com o resultado alcançado: a palestra de aves e a exposição de fotos realizada na semana do meio ambiente, desenvolvida aqui em Vista Alegre do Alto – SP, cidade em que moro. Mais de 400 alunos do ensino fundamental e médio passaram pela a exposição, dentre os quais quase 300 tiveram palestras específicas sobre aves, evento que inclusive gerou um post aqui para o blog. Mas o trabalho de divulgação mais importante pra mim é o projeto que realizo há um ano junto com o biólogo Jefferson Otaviano. Desde setembro do ano passado elaboramos uma cartilha destinada a professores (em breve escreverei um post só sobre a cartilha).

A cartilha tem o objetivo de despertar os  professores para a prática da observação de aves e, mais que isso, usar a observação de aves como instrumento na educação, praticando a observação de aves dentro das escolas, nas praças, enfim onde for possível e acessível.

No mês de junho ministrei uma capacitação para 40 professores, biólogos e funcionários de Secretarias de Meio Ambiente de várias cidades da região, na qual passei para os professores as ferramentas que podem auxiliar para o trabalho em sala de aula, dicas de como começar a prática, identificação etc.. Não posso e nem pude deixar de citar o Wikiaves que hoje se tornou umas das ferramentas mais importantes para identificação e apreciação de aves em forma de fotografia.

Ressalto que cabe a nós observadores, biólogos, pesquisadores, levar aos professores e alunos não só a prática de observação, mas agregado isso soma-se um rol de informações sobre a  biologia e ecologia que resultam na conservação e  preservação da avifauna e das importantes interações realizadas por elas.

Escrevo este post nas vésperas de outra apresentação para professores em uma cidade vizinha, um convite que surgiu a partir da boa repercussão da primeira palestra. Fiquei muito feliz em saber do interesse deles em conhecer essa paixão que é observar aves e em passar isso paras as crianças, espero que seja mais uma semente a ser plantada.

Também estou na  véspera do inicio de um projeto que farei quinzenalmente com crianças de 4º e 5º anos que se resume em  desenvolver as mesmas práticas relatadas na cartilha.

Além dos itens citados escrevo para o site municipal de Vista Alegre do Alto divulgando as aves que são encontradas aqui, matérias que também saíram no jornal impresso da região e que também foram divulgadas pela amiga Claudia aqui no Virtude-AG.

Confesso que foi difícil escrever este post, tinha receio de ser mal interpretada na questão de méritos. Quero deixar claro que o biólogo Jefferson Otaviano foi a grande expiração, exemplo e ajuda para os trabalhos desenvolvidos, assim como tantos outros amigos que vejo desenvolvendo trabalhos maravilhosos com aves.

Independentemente do quanto fazemos e do quanto nos esforçamos temos que lembrar que cada um de nós, com pequenas ou grandes, poucas ou muitas ações, podemos contribuir para o bem comum, com um objetivo único: a perpetuação de nossas belas e apaixonantes aves brasileiras, para que possamos sempre ter o prazer de observar suas cores, detalhes e ouvir suas mais belas melodias.

 

Participação de Daiane Barros na Virtude-AG