Coletânea de reconhecimentos oficiais e citações em sites diversos sobre a observação de aves no Brasil

ONU

10/05/2012: http://www.onu.org.br/observacao-de-aves-pode-ajudar-a-impulsionar-industria-do-ecoturismo-diz-pnuma/

“A observação de aves, um hobby popular em todo o mundo, pode apresentar significativas oportunidades econômicas para os países através do turismo sustentável, disse hoje (10/05) o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). A agência ressaltou que os Estados devem aumentar os esforços para apoiar este setor em crescimento.”

Fundação Grupo Boticário

28/04/2014: Texto encaminhado pela assessoria de imprensa da Fundação Boticário: http://virtude-ag.com/eu-divulgo-birdwatcher-protetor-das-aves-e-da-natureza-abr14-por-fundacao-grupo-boticario/

“A diretora executiva da Fundação Grupo Boticário, Malu Nunes, ressalta a importância da observação de aves para a conservação da natureza. “Ao observar aves, as pessoas se aproximam da natureza, o que contribui para despertar nelas a consciência de que os ambientes naturais precisam ser preservados para que as aves – e outras formas de vida – continuem espalhando beleza pelo mundo”, afirma.”

DAEE – Departamento de Águas e Energia Elétrica

Texto enviado pela assessoria de comunicação do DAEE – Departamento de Águas e Energia Elétrica, devido a uma situação em que um observador de aves foi proibido de fotografar dentro do Parque Ecológico do Tietê:

Caros integrantes do grupo “Quero Passarinhar”,

Em nome do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) e do PET (Parque Ecológico do Tietê), pedimos desculpas pelo ocorrido no último domingo, (12/1), com o birdwatcher que foi proibido de fotografar no núcleo Engenheiro Goulart. Ressaltamos, que o fato não representa o posicionamento do parque em relação à fotografia amadora, nem a atividade desenvolvida pelos birdwatchers, sempre muito bem-vindos nas dependências do núcleo. Por este motivo, estamos tomando medidas, principalmente no reforço de orientações dos funcionários, para evitar que situações como a citada acima voltem a ocorrer.

Informamos ainda, que só é necessária autorização prévia para fotografias e gravações com fins comerciais e/ou para uso da imprensa. Para evitar qualquer transtorno, solicitamos que os observadores com equipamentos profissionais apenas se apresentem na administração, que fica ao lado direito da entrada principal do parque e próximo aos painéis com as informações dos pássaros.

Sabemos da importância do grupo e ficamos felizes com o reconhecimento do PET como um lugar para a prática dessa atividade, ainda pouco difundida no Brasil.

Mais uma vez, pedimos nossas sinceras desculpas e nos colocamos a disposição – assim como o diretor do parque -, para sanar qualquer dúvida, receber sugestões ou auxiliá-los no que for necessário, entre em contato por meio do facebook (https://www.facebook.com/DAEESP) ou e-mail (imprensadaee@sp.gov.br).

Att,
DAEE – ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
Rua Boa Vista, 170 – bloco 5 – 7º andar – Centro
São Paulo – SP – CEP: 01014-000
Fones (011) 3293.8262/8223/8507/8414/8261/8385/8475/8492/8508
e-mail – imprensadaee@sp.gov.br
Visite nosso site – www.daee.sp.gov.br
Siga o DAEE no Twitter: http://twitter.com/daeesp

Jardim Botânico de São Paulo

http://virtude-ag.com/eu-divulgo-entrar-as-6h-no-botanico-sp-abr14/ “O Jardim Botânico de São Paulo confeccionou uma carteirinha para birdwatchers, que permite ao observador ou fotógrafo de aves e outros temas da natureza praticar seu hobby nos dias de funcionamento do parque, em horário especial, das 6h às 9h. Às 9h o parque abre à visitação pública: para continuar o passeio basta ir até a bilheteria e pagar o ingresso* e o estacionamento**.”

A notícia não está no site do Botânico, mas se alguém precisar Claudia Komesu tem os e-mails trocados com a administração, em especial Ada Pinheiro e Domingos Rodrigues.

 

A observação de aves brasileira na imprensa e em sites diversos

Good News – Rede TV!

A Good News, da Rede TV!, está sempre fazendo programas que mostram a as aves brasileiras. Você pode entrar aqui: http://www.redetv.uol.com.br/Videos/index.aspx?107%2c12%2cJornalismo%2c e digitar “aves”, e depois “pássaros” no campo de busca.

Veja

30/04/2014: http://vejabh.abril.com.br/edicoes/367-especies-fauna-aves-belo-horizonte-encanta-400-observadores-cadastrados-780734.shtml

“Com roupas camufladas, binóculos e máquinas fotográficas, esses amantes da natureza confessam que sair da cama às 7 horas para trabalhar é um sacrifício. Mas, se o caso for “passarinhar”, não lhes falta disposição para acordar às 4 horas. “A observação de pássaros não é um hobby, e sim um estilo de vida”, diz o diretor da ONG, Eduardo Franco.”

Abril – National Geographic

22/05/2012: http://viajeaqui.abril.com.br/materias/7-dicas-birdwatching-noticias

“O Brasil está entre os três países com as maiores diversidades de aves no mundo, com 1825 espécies, de acordo com o Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos (CBRO). Esse potencial vem chamando a atenção dos turistas brasileiros e estrangeiros para o birdwatching, prática de observação de aves, no país.”

Uol

http://viagem.uol.com.br/album/birdwatching_brasil_album.htm

http://www2.uol.com.br/sciam/reportagens/o_brasil_e_suas_aves.html

“No Brasil, onde o acesso a equipamentos e literatura sempre foi dificultado, tivemos que esperar pela revolução digital e a disponibilização de câmeras digitais e formas rápidas e baratas de compartilhar imagens e informações. A rápida expansão do bird-watching no Brasil é um fenômeno tecnológico que acontece na mesma medida em que mais pessoas têm mais acesso a equipamentos fotográficos digitais de boa qualidade, softwares para tratamento de suas imagens e redes sociais e websites para compartilhamento de informações, fotos e sons.”

E mais diversas matérias:

http://educacao.uol.com.br/disciplinas/busca/?tag-id=55517&tag-texto=Birdwatching&base=uol#base=uol&tag-id=55517&tag-texto=Birdwatching

Uol – Ecoviagem

23/04/2012: http://ecoviagem.uol.com.br/noticias/turismo/turismo-sustentavel/censo-cria-mapa-inedito-de-observacao-de-aves-no-brasil-15897.asp

“Com binóculos e máquinas fotográficas em punho, pelo menos 30 mil turistas brasileiros e 3 mil visitantes estrangeiros praticam a observação de aves no Brasil, anualmente. Para ajudar a organizar e estimular o crescimento dessa atividade turística, a Avistur prepara levantamento inédito que identifica empreendimentos, profissionais e destinos especializados nessa modalidade no país. A iniciativa tem o apoio do Ministério do Turismo.”

G1

Diversas matérias:

http://g1.globo.com/busca/?q=birdwatching&st=G1&sct=G1

Globo

10/09/2013: http://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/revista-amanha/rio-paraiso-para-observacao-de-aves-9902950

“Mesmo incipiente por aqui, a popularização do birdwatching só traz benefícios à ecologia. Ao oferecer uma relação harmônica com o meio ambiente — e de baixo impacto —, estimula um comportamento mais consciente e sustentável, além de despertar os sentidos para sons, cores e padrões da natureza. Consequentemente, fomenta um novo filão do ecoturismo em áreas naturais, já que muitos praticantes viajam pelo mundo em busca de pontos de observação. “

06/07/2013: http://redeglobo.globo.com/globoecologia/noticia/2013/07/observacao-de-aves-em-seu-habitat-vem-ganhando-adeptos-no-brasil.html

“Uma atividade simples e fascinante vem, aos poucos, conquistando simpatizantes no Brasil: a observação de aves. Muito difundida na Inglaterra, nos EUA e na Holanda, a prática ainda não é muito conhecida por aqui. Nosso país, entretanto, com suas amplas áreas verdes e biodiversidade, tem um potencial imenso para aumentar o número de adeptos.”

Folha de S. Paulo

19/09/2013: http://f5.folha.uol.com.br/bichos/2013/09/1344595-comeca-agora-a-melhor-epoca-para-fazer-observacao-de-aves-no-litoral-paulista.shtml

Não tem como mostrar um trecho do texto do Michael Kepp, a Folha não deixa, mas o link acima fala do birdwatching em Ubatuba.

15/01/2013: http://www1.folha.uol.com.br/colunas/michaelkepp/1214627-para-observar-nao-basta-olhar.shtml

Coluna do jornalista Michael Kepp, birdwatcher. Infelizmente a Folha não deixa copiar trechos, mas foi nesse texto que li a descrição engraçada, contando como ele ficou ofendido da primeira vez que topou com um birdwatcher no Pantanal e a criatura deixou-o falando sozinho só porque apareceu um tucano. Um outro membro do grupo explicou para o Kepp “quando birdwatchers puxam conversa, estão apenas matando o tempo entre uma ave e outra”.

Planeta Sustentável

Dez/2009: http://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/ambiente/observacao-passaros-aves-turismo-ecologico-brasil-526995.shtml

Observação de pássaros no Brasil

Considerado o segundo país do mundo com maior diversidade de aves, o Brasil recebe cada vez mais estrangeiros interessados na observação de pássaros. Conheça, aqui, alguns dos melhores lugares para praticar o hobbie no país

Edição Rafael Tonon
Revista Vida Simples – 12/2009

Revistas online diversas

10/01/2014: http://www.revistahoteis.com.br/materias/12-Mercado/14284-Hotel-Fonte-Limpa-MG-promove-observacao-de-passaros-para-turismo

“O Hotel Fonte Limpa, localizado na cidade de Santana dos Montes (MG) fechou parceria com o Minas Birding Tours, com o objetivo de fomentar o desenvolvimento da observação de aves no estado.”

23/04/2014: http://www.revistaecologico.com.br/materia.php?id=78&secao=1246&mat=1373

“Eu passarinho, tu passarinhas, ele passarinha, nós passarinhamos e vós passarinhais. A conjugação poderia ser improvável se o ato de observar pássaros na natureza não houvesse tomado, nos últimos seis anos, proporção de verbo incondicional. Observar o céu em busca de pássaros se tornou uma atividade extremamente prazerosa para gente do mundo inteiro, que se rende a horas de caminhadas, olhar para o alto, fala suspensa, câmeras e lentes que captam flagrantes espetaculares e fotos que desvelam cores, matizes, hábitos e trejeitos desses seres alados.”

12/12/2013: http://www.autossustentavel.com/2013/12/beneficios-observacao-aves-brasil-birdwatching.html

“O ponto mais interessante no crescimento desta atividade é a série de benefícios às pessoas e à conservação das aves e do meio ambiente no Brasil. A começar pelo seu caráter democrático, que permite a prática por pessoas de todas as idades e diferentes trajetórias de vida, levando à formação de novas amizades, parcerias e o intercâmbio de experiências em assuntos diversos. A educação ambiental também é um dos importantes ganhos pessoais e coletivos experimentados pelos usuários, que estabelecem conexões muitas vezes nunca experimentadas com o meio ambiente através das aves e de seus diferentes habitats.”

Sites governamentais

http://www.santur.sc.gov.br/passaporte-turistico/712-observacao-de-aves.html

“A observação de aves é uma atividade turística resultante da vertente contemplativa do ecoturismo. A Associação Americana de Observadores de Aves (ABA) possui cerca de 20 mil sócios e aproximadamente 13 mil deles realizam mais de 10 viagens por ano para observar aves, podendo gastar mais de três mil dólares por pessoa em cada viagem realizada.
Trata-se de uma atividade saudável, não somente pelo contato íntimo com a natureza, mas também por ser considerada uma agradável terapia de relaxamento, aliviando o stress do dia a dia e, permitindo ainda, que o praticante obtenha informações importantes da fauna e flora local.”

http://www.belohorizonte.mg.gov.br/evento/2014/08/avistar-bh-encontro-brasileiro-de-observacao-das-aves

Birdwatching – com mais de 350 espécies de aves registradas, Belo Horizonte é umas das cidades com rica diversidade de aves. Atividades de observação para iniciantes e avançados em Parques do Complexo Serra do Curral, um dos principais pontos turísticos de BH.

26/08/2013: http://www.ambiente.sp.gov.br/acontece/noticias/condutores-de-observacao-de-aves-recebem-credenciamento-em-ubatuba/

“A atividade de Observação de Aves em Ubatuba acaba de receber mais um importante incentivo. Cerca de 24 moradores do entorno do Núcleo Picinguaba, do Parque Estadual Serra do Mar (PESM), na região Sul do município, receberam o credenciamento que lhes permitirá exercer a atividade de condução de grupos para a observação de aves em trilhas inseridas na Unidade de Conservação (UC).”

01/08/2013: http://www.escoladegoverno.seplag.df.gov.br/noticias/item/7894-jardim-bot%C3%A2nico-receber%C3%A1-encontro-de-observa%C3%A7%C3%A3o-de-aves.html

“O Jardim Botânico de Brasília receberá nos dias 3 e 4 de agosto a segunda edição do AvistarBrasília, evento que contará com exposição de fotos de aves, oficinas de ilustração, passeios e palestras, com previsão de receber cerca de mil visitantes por dia.”

http://www.itapoa.sc.gov.br/turismo/item/detalhe/12495

“Itapoá-SC esta inserida na mata atlântica, oportunizando a observação de varias espécies de animais e aves, onde costa registro mais de 300 espécies diferentes de aves, das quais muitas encontradas no Estado de SC, mais da metade vivem no Município. A especie de ave “maria catarinense” encontrada ainda aqui e rara em outras áreas do Sul.”

 

Empresas, serviços, hotéis, agências

http://www.seledon.com.br/turismo/home

“Os roteiros de observação de aves da Seledon são desenvolvidos a partir da avaliação criteriosa de locais com interessante diversidade de espécies. Um dos destinos escolhidos é o Parque Nacional da Serra do Itajaí, uma Unidade de Conservação que abrange nove municípios da região turística do Vale Europeu Catarinense.”

http://www.pdterra.com.br/birdwatching-observacao-de-aves-no-brasil.html

“Nosso país é considerado o segundo do mundo em diversidade de aves(são 1825 espécies de aves), e a Serra da Bocaina é um dos melhores lugares para esta prática de observação de pássaros no Brasil.”

http://www.roraima-brasil.com.br/pacotes-roraima/roteiros-de-roraima/item/166-obseva%C3%A7%C3%A3o-de-aves

“O número de espécies registradas por unidades biogeográficas no Estado é: Tepuis (386 espécies), florestas do baixo Rio Branco (549 espécies) e região de savanas (291 espécies).”

http://www.ricardomendes.eco.br/

“Parece que observar aves é uma coisa muito complicada – tem até nome em inglês, ‘birding’! Na verdade, não passa de ‘olhar passarinho’, e cá para nós, passarinho é uma das coisas mais interessantes da gente olhar.”

Daniel Esser, 2012

http://www.rsbirdwatching.com/birdwatching.html

“É o ramo do ecoturismo que mais cresce a cada ano em todo mundo, graças a uma maior consciência das pessoas sobre a preservação da natureza. Estima-se que existam em torno 80.000.000 de praticantes em todo mundo.

É uma atividade segura, relaxante e fascinante, que pode ser praticada por crianças, jovens e adultos. Realmente gratificante e encantadora gera grande bem-estar emocional, aliviando os níveis de estresse do dia-a-dia.”

http://minasbirdingtours.com.br/

“O estado de Minas Gerais é conhecido nacional e internacionalmente por suas tradições históricas, religiosas e culturais. Temos também uma grande vocação para esportes de aventura e para o ecoturismo, já que a natureza contemplou nossas terras com belas paisagens repletas de montanhas, serras, água pura, matas e cachoeiras. Toda essa riqueza natural faz com que Minas tenha também um grande potencial para a Observação de Aves.”

http://www.avesemfoco.com.br/birdwatching/

“A observação de aves, ou birdwatching, é uma prática que consiste na observação de aves em seu Habitat natural, geralmente com a ajuda de equipamentos ópticos como: binóculos, monóculos e máquinas fotográficas e equipamentos de áudio como: gravadores e reprodutores, além de guias de campo para a identificação das aves, sendo uma atividade que envolve milhões de pessoas em todo o mundo.”

http://www.birdsofbrazil.com.br/?page_id=16

“O birdwatcher adota assim uma atividade de lazer extremamente gratificante e divertida, que além de tudo proporciona uma boa desculpa para um convívio íntimo com os mais belos meio ambientes naturais.”

http://buracodasararas.tur.br/pt/passeio/observacao-de-aves

“A observação de aves é uma atividade que já existe há muito tempo em países do Hemisfério Norte, principalmente Inglaterra e Estados Unidos, praticada por milhares de pessoas. Movimenta milhões de dólares em viagens, livros, equipamentos e acessórios. Mais do que uma atividade econômica geradora de empregos, o “birdwatching” é uma opção de lazer e aprendizado que tem cativado cada vez mais brasileiros, especialmente devido a nossa diversidade de ambientes e espécies.”

http://www.pcvb.com.br/turismo/veja/atrativo-turistico-ecoturismo-observacao-de-passaros-petropolis

“O  aumento da sensibilidade quanto à preservação ambiental propicia o crescimento de atividades de ecoturismo. A observação de aves (ou birdwatching) é a mais antiga e difundida atividade de admiração da vida silvestre, sendo muito difundida nos EUA, na Inglaterra, na Alemanha, na França , na Espanha e no Japão.”

http://www.mtelindo.com.br/aventura/observacao-de-aves/

“A diversidade natural de Mato Grosso, único estado brasileiro com três biomas diferentes, faz com que o estado seja muito procurado para a observação de pássaros.”

http://www.guainumbi.com.br/site/atividades/observacao-de-aves

“A observação de aves é um hobby que cresce muito no Brasil, impulsionado pelas câmeras digitais. Os números ainda são tímidos, estima-se que, atualmente, mais de 15.000 pessoas pratiquem este hobby em nosso pais. Esta prática é muito mais antiga e conhecida em outros países do mundo. Só nos Estados Unidos, mais de 70 milhões de pessoas praticam a atividade, um quarto da população norte-americana acima de 16 anos.”

http://www.visitamazonas.am.gov.br/site/191051-observacao-de-passaros-onde-canta-o-uirapuru

“As programações de observação de pássaros (“birding wathing”), organizadas por empresas especializadas, são lideradas por guias experientes. Os roteiros oferecem caminhadas em mata primária de terra firme e, dependendo da época do ano, a atividade é oferecida utilizando canoa motorizada, ao longo de furos, lagos e igapós.”

http://www.maranhaounico.com.br/index.php/br/experiencia/ecoturismo/item/669-observa%C3%A7%C3%A3o-de-aves#.U1_781e9YuQ

“O Brasil é um paraíso para quem pratica a observação de aves (birdwatching) graças à diversidade, beleza e raridade das espécies já registradas nos diferentes biomas. Nos últimos anos, os observadores também passaram a direcionar o foco de seus binócolos para o Maranhão, que serve como perfeito habitat para aves residentes e pouso seguro para as migratórias.”

http://www.paraty.com.br/observar_aves.asp

“Em Paraty há 448 espécies de aves já catalogadas”. E Festival de Aves de Paraty: de 12 a 14 de setembro de 2014: http://www.paraty.com.br/aves_de_paraty.asp

http://www.ubatubatrip.com.br/ecoturismo/passaros.htm

“A atividade de observação de aves tem como intuito observar as aves de perto, fotografar, testemunhar seu comportamento e ouvir seu canto.”

http://www.hotelcoquille.com.br/asp/observacao-de-aves-birdwatching.asp

“O Birdwatching (Observação de Pássaros) tem atraído cada vez mais adeptos, inclusive do exterior. E Ubatuba tem recebido muitos turistas em busca desta atividade tão relaxante! As pessoas vêm com o intúito puro e simples de ver as aves de perto, fotografar, testemunhar seu comportamento e ouvir seu canto..”

http://www.hotelrosadosventos.com.br/index2.php?menu=4&sub=43

“Até hoje foram identificadas mais de 60 espécies de aves no Hotel. Listamos abaixo algumas das mais comumente observadas. Interessado? Mãos-a-obra e explore nossas trilhas em busca da beleza de nossos pássaros. Novas adições serão bem-vindas.”

http://vidasolemar.com.br/observacao-de-passaros/

“Oferecemos também excursões acompanhadas por ornitólogos, para observação e estudo das aves no seu habitat natural. Segue abaixo uma descrição sumária de algumas aves encontradas no Beach Village, no EcoResort Vida Sol e Mar e no litoral sul do Estado de Santa Catarina. Esta descrição foi adaptada a partir do material da Biblioteca Virtual do Estudante Brasileiro.”

http://www.birdwatching-ilhabela.com.br/artigos/aobservacaodeavesnobrasil

“Embora o Brasil possua mais de 1.800 espécies de aves em seu território, só recentemente a observação de aves tem se destacado como atividade turística e econômica. O interesse cresceu a partir das décadas de 1970-80, com os primeiros clubes de observadores de aves que promoviam atividades isoladas, com poucos interessados. Após a Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento,houve um aumento na divulgação das riquezas naturais brasileiras pela mídia, e a observação de aves veio gradualmente despertando interesse”

http://www.paranapiacabaecotur.com/turismo-observacao-aves-birdwatiching.html

“A Observação da Vida Selvagem, é uma atividade resultante da vertente contemplativa do ecoturismo. Trata-se de uma atividade saudável, não somente pelo contato íntimo com a natureza, mas também por ser considerada uma agradável terapia de relaxamento, aliviando o stress do dia a dia e, permitindo ainda, que o praticante obtenha informações importantes da fauna e flora local.”

http://www.ararajuba.org.br/sbo/ararajuba/artigos/Volume153/ara153com1.pdf

“Entre os muitos segmentos do ecoturismo, a observação de aves ou Birdwatching se destaca por ser uma atividade de recreação  ao ar livre economicamente viável, educacional e compatível com a preservação ambiental.”

http://www.meon.com.br/noticias/regiao/regiao-tem-alguns-dos-melhores-pontos-de-observacao-de-aves-do-estado

“Na correria do dia a dia são os hobbies que ajudam a relaxar e esvaziar a mente e um deles é o de observação de pássaros. Principalmente na nossa região, quem escolhe admirar as aves não precisa de muito esforço para encontrar um belo exemplar.”

 

Como obter mais informações e começar a observar e fotografar aves

http://virtude-ag.com/ – site colaborativo, com centenas de relatos de passeios, milhares de fotos e diversas informações para quem está começando. Explica o que é o birdwatching, quem pode praticar, o que é necessário, os destinos mais famosos (e os que não são famosos, mas que mostram como as aves estão em todos os lugares), quem guia, o que esperar de um passeio. Também há registro de algumas pousadas com facilidades para birdwatchers e reflexões sobre a atividade de passarinhar e a relação com a natureza.

http://www.wikiaves.com.br/ – o maior site sobre aves brasileiras. Enciclopédia e mapa de distribuição atualizado diariamente, pelos mais de 17 mil usuários. Quase um milhão de fotos postadas.

http://www.avistarbrasil.com.br/ – o maior encontro de observadores de aves da América do Sul começou em São Paulo, mas agora tem edições em diversas capitais brasileiras. Acesse o site e fique por dentro da programação

http://savebrasil.org.br/wp/ “A Sociedade para a Conservação das Aves do Brasil (SAVE Brasil) é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos, que tem um foco especial na conservação das aves brasileiras. A SAVE Brasil faz parte da aliança global da BirdLife International presente em mais de 100 países e compartilha suas prioridades, políticas e programas de conservação, trocando informações, conhecimentos e experiências, para implementar os objetivos globais da aliança no âmbito nacional, adequando-os às necessidades do cenário brasileiro.”

http://www.ecoavis.org.br/ – ONG mineira dedicada à divulgação do birdwatching e na defesa e preservação do meio ambiente. Está sempre fazendo ações na região de Belo Horizonte e aparece com frequência em programas de TV e em revistas

http://www.avesderapinabrasil.com/ – Site com conhecimento especializado sobre as aves de rapina do Brasil.

http://www.aultimaarcadenoe.com.br/: “Criação e desenvolvimento de projetos e programas relacionados principalmente à avifauna, com as finalidades principais de enriquecer o acervo pessoal do autor (Antonio Silveira) e do programa ambiental, para fins de educação ambiental e de colaboração para projetos de preservação e desenvolvimento do turismo de observação de aves (birding).”

http://www.aboaves.org/ – A ABOA tem como objetivo maior inspirar e congregar todas as pessoas e instituições, Brasileiras ou não, interessadas em proteger e desfrutar da Observação das Aves silvestres brasileiras em vida livre.

Para quem está começando

Informações básicas: http://virtude-ag.com/primeiras-fotos/

Que câmera? http://virtude-ag.com/livre-cameras/

Quem pode levar para passear? http://virtude-ag.com/birdwatching-guias/

Onde ir? Página que reúne a indicação sobre os principais destinos no Brasil, e alguns em outros países: http://virtude-ag.com/birdwatching-melhor-epoca/

Pousadas com facilidades para birdwatchers que mandaram material de divulgação para o Virtude-AG: http://virtude-ag.com/birdwatching-servicos/

Outras formas de saber onde ir ou ter companhia:

1 – No www.virtude-ag.com há diversos relatos de passeios. No rodapé da página há um campo de busca. Digite uma palavra e veja se há um post relacionado

3 – No Facebook há um grupo chamado Quero Passarinhar, em que as pessoas recebem dicas de onde ir e também conseguem formar grupos para dividir custos. O grupo é fechado, mas basta solicitar a participação, aprovamos a maioria das pessoas.

Dica: sempre pesquise no campo de busca do Virtude-AG, há centenas de posts, em geral bem detalhados.

4 – Cadastre-se no www.wikiaves.com.br e assim você terá direito a mandar mensagens para os membros. Veja um local que lhe interessa, e entre em contato com algum dos autores das fotos que você gostou. Seja atencioso e educado ao pedir ajuda. A maioria das pessoas responde, até lhe indicam quem pode guiar, ou

5 – Associe-e a um COA – Clube de Observadores de Aves

A principal atividade dos clubes é fazer passeios em grupo. Se você está começando e quer companhia, afilie-se ao Clube de Observadores de Aves da sua região. Sites dos clubes de observadores de aves no Brasil. Copiado da página do aboa: http://www.aboaves.org/clubes-de-observadores-de-aves/

Centro de Estudos Ornitológicos – São Paulo

Clube das Aves Universidade Católica de Brasília

Clube de Observadores de Aves da Bahia

Clube de Observadores de Aves de Foz do Iguaçu

Clube de Observadores de Aves de Pernambuco

Clube de Observadores de Aves de Porto Alegre

Clube de Observadores de Aves do Planalto Central

Clube de Observadores de Aves do Rio de Janeiro

Clube de Observadores de Aves do Sul-Fluminense – Rio de Janeiro

Amigos das aves de Barra do Piraí – Rio de Janeiro

Clube de Observadores de Aves do Vale Europeu – Blumenau/SC

Ecoavis – Ecologia e Observação de Aves de Belo Horizonte

Grupo de Observadores de Aves de Campinas

Santa Catarina Birdwatching

Grupo de Observação de Aves de Jundiaí

Grupo de Observadores de Aves de Franca

Grupo de Observadores de Aves de Uberlândia

Clube de Observadores de Aves de Campo Grande – Mato Grosso do Sul 

Clube de Observadores de Aves de Joinville e Região

Associação Viçosense de Observadores de Aves – Minas Gerais 

Observadores de Aves de Ubatuba – São Paulo

Clube de Observadores de Aves da Mata Atlântica

 

O conteúdo desta página é de livre divulgação. Os slides da galeria estão neste ppt, que pode ser usado para a divulgação do birdwatching e adaptado: https://drive.google.com/file/d/0B9EyTAVGHYBPRXlfdm5jWXVibVE/view?usp=sharing

A-natureza-precisa-de-divulgacao

Ações a favor da divulgação do birdwatching e da conservação da natureza (+)