www.aves.brasil.nom.br foi o primeiro ponto de encontro dos birdwatchers brasileiros. Funcionou de setembro de 2005 a setembro de 2009. Na data de seu encerramento contava com mais de 2.500 usuários, mais de 20 mil fotos e mais de mil espécies. Muita gente descobriu e se maravilhou com o birdwatching graças a esse site e a seus simpáticos usuários. Você é da época do Aves do Brasil? Mande um alô para o Jefferson pela caixa de comentários.

 

Sim, eu sei que o autor deste post deveria ser o próprio Jefferson. Tentei, cutuquei, pedi, mas o moço é tímido.

Consegui que ele me passasse informações e a permissão para fazer um post. E, como sou persuasiva, também consegui autorização para colocar uma caixa de comentários linkada ao Jefferson, se você quiser escrever alguma coisa, vai para o e-mail dele.

O Aves do Brasil foi o primeiro ponto de encontro dos birdwatchers brasileiros. Um site em português onde era possível postar fotos, sons, vídeos comentários, ver as fotos mais comentadas, enviar fotos para identificação, fazer pesquisas diversas. Olhando essa foto de tela e comparando com o Wikiaves pode parecer antiquado, mas tenha em mente que o Jefferson partiu do zero, que começou em 2005, e fazia tudo sozinho. Sem imaginar que faria todo o sucesso que fez, foi agregando cada vez mais apaixonados pelas aves, cultivando o crescimento do birdwatching no Brasil.

Não lembro exatamente como conheci o Aves do Brasil, provavelmente em alguma pesquisa na internet em 2008. Nesse site me impressionei com as lindas fotos do nosso colega Luiz Ribenboim, sempre um gentleman com todo mundo. O Ribenboim me indicou a recém-inaugurada Reserva Guainumbi, e também o guia ornitológico Rafael Fortes. Em maio de 2009 fiz meu primeiro passeio com o Rafa, na Guainumbi, acompanhada da querida Aditi Jain Chaves (que até então, só conhecia por conversar por e-mail). Esse foi o ano em que passarinhei em 38 dos 52 finais de semana do ano, isso porque comecei com mais intensidade no mês 5. Em 2011 estava tão apaixonada pelas aves que deixei meu emprego numa consultoria econômica para ficar só com o birdwatching. Em maio de 2012 inaugurei a Virtude-AG, um projeto de formiguinha, mas que sonha em contribuir para divulgação do birdwatching no Brasil.

Imagino que muitos outros também se beneficiaram da genialidade, generosidade e dedicação do Jefferson Silva. Fiz questão de fazer este post porque sou o tipo de gente que valoriza o passado e os méritos, e acho uma tristeza pesquisar no Google e não encontrar facilmente referências ao Aves do Brasil, ou digitar www.aves.brasil.nom.br e receber uma mensagem de página inexistente. Espero que os outros colegas que conheceram o Aves Brasil enviem mensagens de apoio ao Jefferson, e que ele se convença a pelo menos fazer uma página de memória a esse site que foi tão importante no crescimento do birdwatching brasileiro.

Seguem as informações sobre o Aves do Brasil

  • www.aves.brasil.nom.br
  • Início do site: setembro de 2005
  • Encerramento do site: setembro de 2009
  • Número de fotos no encerramento: +20.000
  • Número de usuários: +2.500
  • Espécies com fotos: +1.000
  • Primeiros 10 usuários no site:
    1. Jefferson Silva
    2. João Quental
    3. Arthur Macarrão
    4. Fernando Morcerf
    5. Guto Carvalho
    6. José Raimundo do Nascimento
    7. Carlos Eduardo Andrekowisk
    8. Laila Carvalho
    9. Marcelo de Mesquita Sampaio
    10. Francisco de Assis Nascimento Filho
  • Principais funcionalidades:
    • Envio de fotos
    • Comentário nas fotos
    • Envio de fotos para identificação por outros usuários
    • Envio de sons
    • Comentários em sons
    • Busca por famílias, nomes populares ou científicos, nomes em inglês
    • Lista por famílias, nomes científico, nome popular, inglês
    • Lista das fotos mais comentadas na semana

 

Breve entrevista com o Jefferson Silva

Virtude-AG: Como surgiu a ideia do Aves do Brasil?
Jefferson Silva: inicialmente a ideia foi criar um mecanismo pra eu colocar minhas fotos na internet sem precisar ficar fazendo páginas HTML. Achei que a ideia pudesse ser ampliada, e convidei Quental e Guto para avaliarem o site. Os dois gostaram, e passaram a ser usuários e me ajudaram nos testes iniciais. Aí abri definitivamente para a comunidade.

V: Você imaginava que faria todo esse sucesso?
J: Não, com certeza não. Até porque, na época, éramos poucos observadores/fotógrafos. Mas a coisa começou a tomar corpo, e deu no que deu… :)

V:  Você fez algo especial para a divulgação? Como foi o crescimento do site?
J: Sinceramente, não lembro direito. Lembro de ter divulgado no Orkut. Tentei contato com o Terra da Gente, sem resposta.

V: Você cuidava de tudo sozinho? Em que consistia exatamente esse trabalho?
J: Sim, praticamente sozinho. Por um tempinho um amigo ajudou, mas foi muito pouco. O trabalho era o de criação de novas funcionalidades, basicamente, e correções de defeitos que eventualmente apareciam.

V: Qual era sua grande satisfação no projeto, o que te deixava contente?
J: Minha maior satisfação era ver novatos praticando a observação. Sou um apaixonado por fotografia de aves, e com o site acho que contribuí um pouquinho para que outros também passassem a praticar tal atividade.