Hoje (17/jun/13) o colega Ademar H. Kawaguti me escreveu para informar que as cerejeiras do Parque das Cerejeiras, em Campos do Jordão, já estão floridas, e para agradecer pela informação compartilhada na Virtude-AG. Quem tiver oportunidade, procure os locais quem possam ter cerejeiras floridas, elas atraem muitas aves e dão fotos ótimas.  

A tovaca-de-rabo-vermelho cantando a 5m, o gavião-pega-macaco pousar na beira da estrada, ver o bacurau-tesoura-gigante, ver o cabecinha-castanha e a choquinha-carijó, que ainda não tinham sido registrados em Campos do Jordão, o desencantamento da Tijuca atra, que não será mais chamada de minha adorável fdp, o pica-pau-rei de perto, no limpo, sob o sol, o …

Gosto de ir ao parque fotografar aves bem cedinho, durante a semana, pois o movimento é menor. Há muitas aves nos lagos, como irerê, biguá, garça-moura, socozinho, garça-branca grande e pequena, frango d’água, martim-pescador. Em outros cantos do parque você avista sabiás-laranjeira, joão-de-barro, cambacicas, bem-te-vis, pica-paus, corruíras, pitiguaris, sanhaçus, saíras, beija-flores, periquitos, aves de rapina, …

O Festival das Cerejeiras é uma ótima opção de lazer para o paulistano fazer com a família e está aberto ao público durante todo o mês de julho. Além da beleza das flores e da paisagem, os observadores de aves têm ótimas oportunidades de fotografar espécies como o saí-azul, o gaturamo-bandeira e vários beija-flores.  

Por que vale a pena: cenário bonito, perto de São Paulo, tranqüilidade, segurança, em geral temperatura agradável, boas estradas e infraestrutura na cidade. 240 espécies de aves registradas dentro do município. Não é um lugar de quantidades, e raramente há espécies raras, mas você sempre vê aves diferentes, com uma boa chance de vê-las de …