(…) Para nossa surpresa, começaram os comentários de que não seria um Spizaetus ornatus (gavião-de-penacho), mas um Leptodon cayennensis (gavião-de-cabeça-cinza), numa fantasia fantástica do primeiro. Vários colegas do site ponderaram tal afirmação, baseando-se em dados como o tamanho do bico, a posição do olho, a proporção das asas e da cauda, o tamanho das garras, etc.  

Sentados na varanda, olhando aquelas palmeiras altas, vendo sobrevoar os xexéus, os papagaios, as jandaias, os pássaros-pretos, você vê como é fácil amar aquele lugar, do jeito que o Rafael (o dono da fazenda) ama, e busca uma forma de cuidar dela sem ter que partir pra criação extensiva de gado, ou para a destruição que a soja traz.