Poucas pessoas sabem que o interior de São Paulo abriga um minipantanal. É emocionante e quase inacreditável ver tantas garças, cabeças-secas, tuiuiús, colhereiros, marrecas (e saber que há jacarés-de-papo-amarelo) tudo isso numa região tão urbanizada.

Todo final de ano o amigo Luciano Monferrari organiza uma excursão do CEO para o Tanquã (Piracicaba – SP) e Fazenda Bacury (Anhembi – SP). O Tanquã é a parte superior do lago formado pelo Rio Piracicaba em função da barragem de Barra Bonita. Tem as mesmas características do Pantanal Mato-grossense. Seu acesso é feito …

Piracicaba é uma cidade com geografia interessante e sempre tive interesse em passarinhar por lá, ainda mais depois de ver o post da Claudia Covolan sobre a Rua do Porto. Aves comuns como garças, savacus e biguás, mas tudo bem lá do ladinho dos restaurantes. No dia que ela foi, ainda topou com uma boa …

Espécies que normalmente veríamos em locais como o Pantanal podiam ser vistas em bandos às margens de pequenas ilhas formadas pela vegetação alagada, entre elas cabeça-seca, tuiuiú, garças diversas, marrecas e um simpático socó-boi que pacientemente posou para nossas fotos.  

O Tanquã é um bairro que fica às margens do Rio Piracicaba e pode também ser acessado via terrestre, através da estrada que liga a cidade a Anhembi. Seus moradores vivem principalmente da pesca, e lá se estabeleceram e formaram suas simples moradias à beira do rio. A sua paisagem lembra muito o Pantanal mato-grossense, …