Sentados na varanda, olhando aquelas palmeiras altas, vendo sobrevoar os xexéus, os papagaios, as jandaias, os pássaros-pretos, você vê como é fácil amar aquele lugar, do jeito que o Rafael (o dono da fazenda) ama, e busca uma forma de cuidar dela sem ter que partir pra criação extensiva de gado, ou para a destruição que a soja traz.